Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
O abacate está entre os alimentos que aumentam a libido
O abacate está entre os alimentos que aumentam a libido - Foto: Shutterstock

Amor e Sexo

Aumente a libido: veja 6 alimentos que melhoram o desempenho sexual

Nutricionista revela quais alimentos elevam a libido e ajudam a ter mais disposição na hora H; confira a lista!

Existem uma série de fatores que podem interferir na libido e, assim, impactar no desejo e o desempenho sexual. A alimentação, por exemplo, pode tanto prejudicar como também melhorar a performance durante o sexo, explica o nutricionista Lucas de Albú. 

De acordo com ele, alguns alimentos aumentam a produção de neurotransmissores e hormônios relacionados à sensação de bem-estar e prazer, melhoram a circulação e são aliados na produção de testosterona – principal hormônio sexual masculino. 

“A alimentação interfere diretamente na fertilidade, no desempenho sexual e na libido, além de influenciar no bom funcionamento dos órgãos genitais”, afirma. Por isso, o profissional listou 6 alimentos que interferem positivamente na libido e na vida sexual. Confira:

Abacate

Alimento é rico em potássio e vitamina B6, importante para ter energia e desejo sexual, além de gorduras monoinsaturadas que contribuem para a prevenção de doenças cardíacas. 

Amendoim

Fonte de gorduras boas e vitaminas do complexo B, principalmente B3 e a niacina, que colabora para a vasodilatação sanguínea, aumentando a libido pela lubrificação das mucosas. Também é uma importante fonte de arginina, que aumenta o óxido nítrico, responsável por elevar o fluxo sanguíneo nos órgãos genitais.

Frutos do mar

Diversos frutos do mar como camarão, ostras, lagosta e lula, contém nutrientes importantes, como proteínas, ferro, cálcio, vitaminas do complexo B e zinco, que podem estar relacionados à disposição sexual e produção de hormônios como a testosterona.

Chocolate (no mínimo 70% de cacau)

Auxilia na produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer. O alimento também contém teobromina, um derivado da cafeína presente no cacau com efeito estimulante que fornece mais pique no sexo, e aumenta a libido através da excitação do corpo.

Melancia

É rica em citrulina, que também eleva os níveis de óxido nítrico e aumenta a circulação nas regiões íntimas. Em razão disso, proporciona relaxamento dos vasos sanguíneos e garante um alto desempenho sexual, quase agindo como um viagra natural. 

Mamão

Contém estrogênio, o hormônio sexual feminino. Logo, pode ser usado para elevar a libido da mulher e melhorar o seu desejo pelo parceiro (a)

Quais alimentos evitar?

Além dos alimentos que elevam a libido, o nutricionista destaca também aqueles que prejudicam o desejo sexual e por isso devem ser excluídos do cardápio. Veja abaixo:

Comida gordurosa

Esse tipo de alimentação pode causar aterosclerose, ou seja, o acúmulo de gordura e outras substâncias nas artérias, obstruindo o fluxo sanguíneo. Sem receber sangue suficiente, o pênis não obterá uma ereção satisfatória. Além disso, são alimentos de difícil digestão, fazendo grande parte do sangue ir para o estômago.

Doces

Alimentos ricos em açúcar, no geral, alteram a glicose no sangue, o que provoca a diminuição do desejo sexual. O açúcar refinado em excesso também é frequentemente associado ao aumento dos níveis de ansiedade e depressão, outros fatores que interferem na libido. 

Enlatados

São ricos em sódio, que em excesso pode elevar a pressão arterial e diminuir o fluxo sanguíneo nos órgãos genitais.

Soja

Contém fitoestrogênio (composto derivado de plantas) que pode ocasionar o desbalanceamento hormonal caso seja consumida em excesso.

Outros aliados da libido

O profissional diz que alguns fitoterápicos podem ajudar a ter uma vida sexual mais ativa e satisfatória, como maca peruana, tribulus terrestris, ginseng e extratos secos. “Mas é importante procurar o auxílio de um profissional adequado para a prescrição”, comenta.

Além de uma alimentação equilibrada, incluindo certos alimentos na dieta, o especialista recomenda ainda a prática regular de atividade física que melhora a autoestima, questões circulatórias e libera endorfina, hormônio também relacionado ao prazer. 

Mais notícias como essa

Entretenimento

Vai ficar em casa no Dia dos Namorados para fazer uma programação mais aconchegante? Use esses filmes e aproveite bem o dia!

Receitas

Um bom vinho é ideal para celebrar o Dia dos Namorados com o seu amor; confira dicas para acertar na escolha!

Comportamento

O uso excessivo de telas prejudica a socialização e a comunicação, além de causar mudanças de humor, atrasos cognitivos e distúrbios no aprendizado

Beleza

Confira os principais cuidados para manter a pele protegida e hidratada durante as festas juninas