Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Dia do orgasmo: 4 mitos e verdades sobre o prazer sexual
O Dia do Orgasmo traz debate sobre o prazer sexual feminino - Foto: Shutterstock

Amor e Sexo

Dia do Orgasmo: 4 mitos e verdades sobre o prazer sexual

A sexóloga Stephanie Seitz desvenda mitos e verdades relacionados ao orgasmo que toda mulher precisa saber!

Nesta segunda-feira (31), comemora-se o Dia do Orgasmo. A data foi criada por lojas de produtos eróticos da Inglaterra para impulsionar as vendas dos sex shops e chamar atenção para a dificuldade que algumas pessoas enfrentam em sentir prazer nas relações sexuais

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Projeto de Sexualidade da Universidade de São Paulo (Prosex), na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), 55,6% das mulheres têm dificuldades de chegar ao orgasmo

“O orgasmo é uma experiência máxima de prazer que conecta o corpo e a mente, levando-o a sensações inesgotáveis de ondas elétricas. Apesar desse ponto de excitação e deleite ser muito rápido, ele causa uma explosão de benefícios para a saúde integral de quem o pratica”, revela a sexóloga Stephanie Seitz. 

Entre as várias vantagens do orgasmo, segundo alguns estudos, estão a redução do estresse, melhora do humor e da ansiedade e aumento da imunidade. Para que você possa se beneficiar de todas elas e celebrar o Dia do Orgasmo com mais prazer, a especialista esclarece 4 mitos sobre o prazer sexual. Confira:

As mulheres demoram mais para sentir orgasmo?

Verdade. A mulher ser estimulada por mais tempo para que os vasos sanguíneos irriguem a região da vulva (cerca de 200 ml de sangue) e ela esteja plena para sentir prazer. Quanto ao homem 10 ml já são suficientes para estar prontinho para o seu apogeu.

Aquecer os pés facilita o orgasmo?

Verdade. Pode parecer bobagem, mas a mulher pode alcançar o orgasmo com mais facilidade se estiver com os pés aquecidos. De acordo com estudos da Universidade de Groningen, na Holanda, as chances aumentam em 30%.

A mulher precisa ser penetrada para atingir o orgasmo?

Mito. Essa crença já foi bem forte no passado, mas a realidade atual mostra que não passa de informação equivocada. Uma pesquisa realizada pelo projeto Prazerela mostrou que somente 16% das brasileiras gozam assim. É a correta estimulação do clitóris, através de toques massagens ou sexo oral é que vai garantir o êxtase. 

Porém, é importante ressaltar que muita gente também chega ao clímax, por exemplo, sem tocar na região íntima, com uma massagem em zonas erógenas. Por isso, é importante que você explore o seu próprio corpo para descobrir quais pontos te levam ao prazer. 

Ter orgasmos é saudável?

Verdade. A masturbação, por muito tempo, foi encarada como um grande tabu, pois achavam que a pessoa poderia ficar doente, desenvolver algum transtorno, mas depois se constatou que é um ato natural do indivíduo e faz parte de sua intimidade. Portanto, assim como os homens, as mulheres também têm o direito de se tocar e, por meio disso, se autoconhecer.

Mais notícias como essa

Saúde

Uvas, azeitonas, nozes, sementes e pipoca são alguns dos alimentos que possuem maior risco de provocar engasgo em pessoas acima dos 60 anos

Beleza

Cuidados simples no dia a dia ajudam a manter os cabelos loiros hidratados e com muito brilho

Receitas

Está com medo de fazer feijoada demais ou de menos para o almoço em família? Confira dicas para acertar nisso e no sabor do...

Comportamento

Quer saber a importância de bons amigos na infância e como ajudar seu filho a conquistar isso? Especialista explica