Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Antes de marcar seu primeiro encontro, confira essas dicas de segurança
Antes de marcar seu primeiro encontro, confira essas dicas de segurança - Foto: Shutterstock

Amor e Sexo

Sem golpes no primeiro encontro! 9 dicas importantes de segurança

Surgiu a oportunidade de ter um date com o crush? Então confira agora maneiras de se proteger de golpes em apps de relacionamento

Para muitos, o primeiro encontro pode ser a porta de entrada para um relacionamento duradouro. Já para outros, essa é a oportunidade perfeita de conhecer outras pessoas sem o menor tipo de compromisso mais sério. Seja qual for a sua opinião, uma coisa é certa: se encontrar com uma pessoa que você não conhece exige bastante cautela de ambas as partes.

De todos os casos de sequestro que aconteceram em São Paulo até novembro de 2022, 60% aconteceram por conta de golpes em aplicativos de relacionamento, segundo o Departamento de Operações Policiais Estratégicas da Polícia Civil.

Por isso, que tal aprender um pouco mais sobre como se proteger em ocasiões como essas? Os especialistas em relacionamento do Bumble reuniram dicas para que você se proteja em qualquer situação e de qualquer possível golpe!

Comece com uma chamada de vídeo 

Antes de mais nada, uma chamada de vídeo antes de se encontrar pessoalmente é uma ótima maneira de começar. Além  de ver se ambos se dão bem, torna o encontro pessoal bem menos estressante.

Foque na verificação online 

Caso você e seu par não estejam prontos para uma videochamada ao menos confirme quem ele é online. Através de uma pesquisa rápida é fácil verificar as mídias sociais, vendo o nome e se as fotos são atuais.

Informe a alguém onde está indo

Quando você sair para um encontro diga a um  amigo para onde você está indo e com quem vai se encontrar. Certifique-se de que alguém saiba onde você está é uma necessidade básica. 

Vá com seu próprio transporte 

Planeje seu transporte de e para a data com antecedência para aliviar a pressão e se manter seguro. Além disso, ter seu próprio transporte garante que você possa sair se ficar desconfortável ou precisar ir por qualquer motivo. 

Escolha o local do encontro 

Escolha um local público que ainda pode ser romântico e divertido, um jantar em um restaurante. E quando você se encontrar com alguém pela primeira vez, não vá ao apartamento ou a um local não específico. Tente se encontrar em algum lugar público, onde outras pessoas estarão presentes. 

Limite o consumo de álcool

Recomenda-se manter um encontro sem álcool. Se você optar por bebidas, acompanhe sua ingestão e lembre-se de não deixar as bebidas sozinhas com alguém que você não conhece.

Conheça seus limites e não se sinta pressionado a mudá-los

Você provavelmente já sabe o que se sente à vontade para fazer. Se você quiser tomar um café, mas seu acompanhante insiste em beber, diga a ele que não está confortável. Se a reação for flexível e aberta, isso é um bom sinal. Por outro lado, se ele mostrar resistência ou continuar pressionando, é um sinal de alerta. 

Além disso, lembre-se que concordar com um encontro não significa que você tenha que fazer mais do que um encontro. Então isso não dá direito a seu par de ter acesso ao seu corpo, seu afeto ou mais do seu tempo se você estiver se sentindo desconfortável ou sendo pressionado de alguma forma.

Ir a um primeiro encontro não implica em consentimento para intimidade, e você deve se sentir autorizado a retirar seu consentimento a qualquer momento, ok?

E aí, curtiu as dicas de segurança para um primeiro encontro? Agora é só se divertir!

Mais notícias como essa

Comportamento

Está sem criatividade do que compartilhar ou enviar para seu par nesse Dia dos Namorados? Inspire-se com essas belas mensagens de amor

Pets

A flora intestinal dos animais de estimação desempenha um papel importante na manutenção do equilíbrio do organismo

Moda

Inspirada na estética esportiva de tenistas, o tenniscore está em alta no universo da moda; saiba como aderir

Comportamento

Especialista explica o termo “vínculo fantasma”, que tem sido muito discutido nas redes sociais e pode ser confundido com o ghosting