Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Veja os cuidados para pintar o rosto na Copa do Mundo
Veja os cuidados para pintar o rosto na Copa do Mundo - Foto: Shutterstock

Beleza

Brasil x Suíça: dicas para pintar o rosto e torcer com segurança

Dermatologista explica como pintar o rosto de maneira segura e proteger a pele de alergias e irritações nos dias de jogos

Nesta segunda-feira (28), acontece o segundo jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo do Catar, e tem muita gente que, mesmo no trabalho, não vai deixar de pintar o rosto para torcer pelo Brasil. 

Mas, apesar dessa prática ser comum entre os torcedores, é importante ter atenção ao tipo de tinta utilizada na pintura, pois produtos inadequados podem causar danos à pele, como alerta a dermatologista, Adriana Vilarinho. 

“Os produtos não específicos para pintura facial podem gerar alergias e irritações na pele e nos olhos. Os sinais como ardência, vermelhidão e ressecamento podem surgir desde o primeiro momento da aplicação ou até horas após. Caso não haja os cuidados necessários, algumas tintas podem causar manchas ou até mesmo cicatrizes”, explica.

De acordo com a especialista, o uso de produtos inapropriados na pele podem ainda agravar casos de acne e piorar a oleosidade. Por isso, deve-se sempre utilizar tintas dermatologicamente testadas e específicas para o rosto.

No caso de peles sensíveis, como as das crianças, a dermatologista indica o uso de tintas hipoalergênicas, que são produtos menos agressivos, feitas à base de água. Portanto, são uma opção mais segura na hora de pintar o rosto. Abaixo, você confere mais algumas dicas da especialista que podem, literalmente, salvar a sua pele nestes dias de jogos. 

1. Use filtro solar

A pele deve ser preparada antes da aplicação das pinturas com higienização e aplicação de filtro solar.

2. Pinte o rosto com itens adequados

A aplicação das tintas deve ser feita com esponjas, pincéis e lápis suaves para que não machuquem a pele, evitando as áreas próximas aos olhos.

3. Verifique o prazo de validade do produto

O prazo de validade dos produtos precisam ser checados.

4. Retire a tinta do rosto corretamente

A retirada deve ser feita com demaquilantes sem álcool na composição com auxílio de um algodão, sempre com movimentos suaves e sem esfregar em excesso para não ferir a pele.

5. Lave e hidrate a pele

Após a retirada é importante realizar a lavagem com sabonete facial suave e, por fim, hidratar a pele.

6. Atenção aos sinais de irritação

Qualquer sinal de irritação, vermelhidão ou aparecimento de bolinhas na pele, o produto deve ser imediatamente retirado e avaliado por um médico dermatologista.

Fonte: Dra. Adriana Vilarinho, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia (AAD).

Mais notícias como essa

Receitas

Super saudável, a ora-pro-nóbis pode aparecer em chás e várias outras receitas; aprenda como consumir e absorver seus benefícios

Casa & Decor

Às vezes, mesmo com a faxina frequente, você pode estar cometendo outros erros que atraem a poeira para o seu lar

Saúde

Endometriose é responsável por cerca de 30 a 50 % da infertilidade feminina; especialista explica os tipos de tratamento

Receitas

Com essas dicas, você vai saber como fazer um brigadeiro ainda mais delicioso, praticamente uma versão gourmet do doce