Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Procedimentos tem como objetivo melhorar o aspecto e a projeção dos seios, mas cada um é indicado para um tratamento específico
Veja a diferença entre lifting mamário e prótese de silicone e saiba qual é a melhor opção - Foto: Shutterstock

Beleza

Prótese de silicone ou lifting mamário? Veja qual é a melhor opção

Procedimentos tem como objetivo melhorar o aspecto e a projeção dos seios, mas cada um é indicado para um tratamento específico

O lifting de mama e a prótese de silicone são procedimentos estéticos que ajudam a melhorar o contorno da mama, aumentar os seios, corrigir assimetrias e a flacidez. No entanto, cada técnica é indicada para um tratamento específico. 

O cirurgião plástico Josué Montedonio, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), explica a diferença entre cada procedimento. “A prótese de silicone é indicada nas pacientes que perderam ou têm pouco volume de mama por diferentes motivos, como emagrecimento, uma atrofia do tecido glandular pós-gestacional, chamada de involução gravídica da mama”. 

Já o lifting mamário, também conhecido como mastopexia, é indicado para a paciente que pretende restabelecer a projeção que a mama perdeu com o passar do tempo, seja pelo excesso de peso, gravidade, ou fatores como engordar ou emagrecer, por exemplo. “No levantamento de mama, chamado de mastopexia, o cirurgião pode usar o próprio volume da mama para restabelecer a projeção de colo”, afirma. 

O profissional conta que, ao contrário do que muita gente pensa, a prótese de implante de silicone nos seios não sustenta e nem levanta a mama. Ela tem a finalidade de aumentar o tamanho e, muitas vezes, acaba sendo a vilã, pois o peso da prótese pode provocar a queda da mama, o que depende de vários fatores como gravidade, peso, idade e tipo de pele, por exemplo.

Qual é a melhor opção entre lifting mamário e prótese de silicone?

Nenhum dos procedimentos é melhor do que o outro, inclusive é possível associar os dois na mesma cirurgia, de acordo com o cirurgião plástico. “Geralmente quando a paciente já tem volume, é possível aproveitá-lo para restabelecer a mama com um todo”, explica ele. “Quando você tem a opção de não precisar de uma prótese, acaba sendo melhor porque não tem um o uso de um corpo estranho, o próprio tecido mamário da paciente é utilizado para moldar os seios”, finaliza Josué. 

Mais notícias como essa

Moda

Nesse momento de oscilação entre frio e calor conhecido como meia-estação, é preciso peças que se adaptem bem a diferentes temperaturas

Estilo de Vida

Influenciadora e especialista em Lei da Atração, Nanda Silveira lista as melhores técnicas de manifestação para encontrar sua alma gêmea

Astrologia

Saiba qual das fases da lua é a melhor para cada tipo de procedimento, tratamento ou mudança nos cabelos e por quê

Receitas

Com essas dicas, preparar um feijão delicioso e com o caldo na consistência certa vai ficar muito mais fácil