Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Especialista explica os fatores que contribuem para o surgimento das espinhas nas costas e o tratamento para controlar a condição
As espinhas nas costas possuem diversas causas - Foto: Shutterstock

Beleza

Espinhas nas costas: conheça as causas e como prevenir

Especialista explica os fatores que contribuem para o surgimento das espinhas nas costas e o tratamento para controlar a condição

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, as espinhas não aparecem somente na pele do rosto, mas podem surgir por diversas partes do corpo humano, trazendo desconforto e dores. 

As espinhas podem atingir a região das costas, por exemplo. “As espinhas não são nada além do que lesões cutâneas, causadas por inflamação dos folículos, que são geradas por poros bloqueados”, relata a dermatologista Fátima Tubini. 

Muitas vezes a localização da espinha pode indicar causas diferentes, que podem ser, por exemplo, por problemas hormonais, bactérias e até mesmo por cosméticos. Nas costas, ela pode ser gerada por diversos fatores. Confira alguns deles abaixo:

Principais causas de espinhas nas costas

1. Alterações hormonais

Menstruação, gravidez e uso de anticoncepcionais fazem o corpo pode passar por alterações hormonais que aumentam a produção de sebo pelas glândulas sebáceas. Esse excesso de óleo pode obstruir os poros da pele e levar ao desenvolvimento de espinhas.

2. Produtos para o cabelo

Condicionadores, óleos e outros produtos capilares podem entrar em contato com a pele das costas, especialmente durante o banho, e obstruir os poros. Ingredientes como silicones e óleos pesados podem ser particularmente problemáticos.

3. Suor excessivo

O suor pode misturar-se com bactérias e células mortas da pele, obstruindo os poros.

4. Atrito

O atrito causado por mochilas, roupas apertadas ou equipamentos esportivos pode irritar a pele e causar inflamação nos folículos pilosos. Isso pode aumentar a probabilidade de desenvolver espinhas nas áreas afetadas.

5. Estresse e ansiedade

O estresse e a ansiedade podem desencadear a produção de hormônios como o cortisol, que pode aumentar a produção de óleo pela pele. Isso pode levar ao entupimento dos poros e ao desenvolvimento de acne.

6. Produtos para a pele

Evite o uso de cremes, loções e protetores solares que contêm ingredientes comedogênicos que obstruem os poros.

Não esprema as espinhas!

A acne é uma condição que exige tratamento adequado, sendo importante evitar espremer e/ou cutucar as espinhas, pois isso pode gerar manchas escuras e ocasionar um incômodo maior futuramente para fazer suas remoções no local. 

“O ideal é não mexer ou espremer, mas realizar a limpeza correta do local e aplicar produtos indicados por dermatologistas. O tratamento pode ser oral ou por meio de ácidos”, explica Tubini. 

Como tratar as espinhas nas costas

O tratamento para a espinha nas costas deve ser feito de acordo com as características de cada tipo de pele. Segundo a médica, é importante tomar banho sempre que suar demais e lavar os sutiãs após o uso, trocar as fronhas, lençóis e toalhas frequentemente, e evitar aplicar produtos à base de óleo no corpo. 

Além disso, é importante não colocar roupas e acessórios apertados nas costas como mochila e trocar sempre de sabonete corporal caso note que o que está sendo utilizado não está fazendo efeito, além de procurar sempre a ajuda de um profissional dermatológico.

Mais notícias como essa

Receitas

Colocar alguns alimentos no micro-ondas pode não ser adequado ou mesmo se mostrar perigoso; saiba quais não devem ir no eletrodoméstico

Receitas

Alimentos termogênicos aumentam a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e promovendo a queima de gordura

Estilo de Vida

A prática de exercícios físicos durante a menstruação pode trazer benefícios para o bem-estar físico e emocional

Pets

Saiba como se preparar para garantir a segurança e o bem-estar do seu animal de estimação durante a viagem