Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Incomodada com os pés-de-galinha? Veja como evitar
Incomodada com os pés-de-galinha? Veja como evitar - Shutterstock

Beleza

Pés-de-galinha: o que é, como evitar e tratar desse tipo de ruga

Alguns hábitos saudáveis podem ser de muita ajuda na hora de evitar os pés-de-galinha; saiba quais são eles

Os pés-de-galinha, aquelas pequenas linhas que aparecem ao redor dos olhos, especialmente em pessoas mais velhas, são temidos por muitos. Infelizmente, não há como evitá-los completamente, já que as expressões do dia a dia e a pele mais fina da face acabam criando essas rugas com o tempo. Porém, dá sim para fazer com que essas marcas demorem mais para aparecer, viu?

Isso porque há vários fatores, além da idade, que podem interferir no aparecimento dos pés-de-galinha. Exposição solar sem proteção, poluição, tabagismo, baixa ingestão de água, má alimentação, insônia e estresse, por exemplo, fazem com que essas marcas surjam mais cedo. Todos esses fatores aceleram a liberação de radicais livres, que podem provocar efeitos nocivos.

Já o envelhecimento natural da área ao redor dos olhos ocorre por causa da diminuição do colágeno e da elastina, duas proteínas que atuam na criação e sustentação de várias partes do corpo, incluindo a pele, além de promover a elasticidade dos órgãos. Com o avançar da idade, começam a surgir as linhas de expressão, rugas, flacidez e manchas.

“Há ainda um aumento na liberação de radicais livres, que por sua vez aumentam a inflamação e diminuem os níveis de colágeno”, detalha Rita de Cássia Lima Obeid, oftalmologista especialista em Plástica Ocular do Hospital CEMA.

Dicas para evitar ou tratar

Para evitar ao máximo os pés-de-galinha, a maior dica é tentar ter uma rotina mais saudável. “Quando melhoramos a nossa qualidade de vida, eliminando os fatores de risco, conseguimos prevenir situações que são prejudiciais, não somente para a região das pálpebras, como dos olhos e de todo o corpo”, explica Rita.

Ou seja, evitar hábitos como o tabagismo também é vantajoso para evitar os pés-de-galinha. Além disso, usar protetor solar e óculos de sol para se proteger dos raios solares também são boas dicas.

Aliás, não são só os óculos de sol que são benéficos nesse sentido. Para quem necessita, usar óculos de grau também ajuda, já que evita que a pessoa fique espremendo os olhos para conseguir enxergar.

Alguns hábitos que podemos achar inofensivos, como esfregar os olhos ou remover a maquiagem dos olhos com uma certa força, também aceleram o aparecimento dos pés-de-galinha. Ou seja, se quiser evitá-las, não faça isso.

Por fim, mesmo depois que os pés-de-galinha já apareceram, é possível fazer procedimentos para que se tornem mais suaves. “Temos desde a blefaroplastia, que visa retirar o excesso de pele e/ou gordura, até peeling, estimuladores de colágeno e até uso de laser. Em todas as situações é importante procurar um médico especialista para orientar sobre o que pode ser feito, de maneira correta”, aconselha a oftalmologista.

Mais notícias como essa

Horóscopo

Querendo saber de TUDO que os próximos sete dias prometem? Descubra agora, no Horóscopo Semanal do João Bidu

Saúde

Uvas, azeitonas, nozes, sementes e pipoca são alguns dos alimentos que possuem maior risco de provocar engasgo em pessoas acima dos 60 anos

Beleza

Cuidados simples no dia a dia ajudam a manter os cabelos loiros hidratados e com muito brilho

Receitas

Está com medo de fazer feijoada demais ou de menos para o almoço em família? Confira dicas para acertar nisso e no sabor do...