Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Confira agora as diferenças entre a queda e a quebra de cabelo
Confira agora as diferenças entre a queda e a quebra de cabelo - Foto: Shutterstock

Beleza

Queda ou quebra de cabelo? Especialista explica diferenças

Aprenda a diferenciar os problemas e descubra o tratamento adequado para ambos os casos

Passou a notar mais fios acumulados na escova após pentear, durante a lavagem, nas roupas ou pelo chão? Calma! Antes de mais nada é preciso entender do que se trata, afinal, pode se tratar de dois problemas diferentes: a queda ou a quebra.

A queda e a quebra de cabelo são muito comuns e possuem causas distintas. Por sua vez, ambos mexem a autoestima pois afetam a densidade do cabelo, ou seja, no volume das madeixas. Embora sejam tão parecidos e diferentes, esses problemas precisam de tratamento especializado de acordo com suas especificidades.

Então que tal aprender a diferenciar a queda da quebra de cabelo? Para isso, Patrícia Maques, que é médica e especialista em tricologia, pode te ajudar com algumas dicas. Confira abaixo quais são:

Observe os fios

Em primeiro lugar, Dra. Patricia Marques explica que é necessário observar se os fios caídos possuem ou não um pontinho branco na ponta. “Na queda, o fio se desprende diretamente do couro cabeludo e, na maior parte das vezes, possui o bulbo capilar, que é o pontinho branco”, afirma.

Segundo a especialista, se for esse o caso não há motivos para preocupação, uma vez que o cabelo perdido já estava na fase telógena, pronto para dar lugar a um novo fio. Ainda assim, o recomendado pela médica é procurar por ajuda profissional para se certificar de que não há nada de mais grave provocando a queda.

“A tricologia é muito mais complexa do que aparenta. Existem várias doenças que causam queda, como por exemplo a alopecia areata”, acrescenta Dra. Patrícia.

E se esse não for o caso?

Agora se não há sinal de bulbo capilar e os fios possuem tamanhos irregulares, esse é um sinal de quebra de cabelo. Esse é um problema que aparece em cabelos que passaram por procedimentos químicos, calor excessivo de secador e chapinha ou por algum atrito mecânico, rompendo assim com a haste do cabelo.

Nesse sentido, o indicado é cortar o uso dos elementos que estão agredindo o cabelo e com orientação de um profissional nutrir os fios com produtos e remédios adequados até deixá-los saudáveis novamente.

“Em ambos a principal orientação é procurar ajuda de um especialista em saúde capilar para investigar as múltiplas causas possíveis tanto para queda, quanto para quebra do seu cabelo e realizar um tratamento adequado que pode solucionar os problemas”, finaliza a especialista em tricologia.

Fonte: Dra. Patricia Marques, membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e especialista em Tricologia.

Mais notícias como essa

Saúde

Especialista dá dicas para aproveitar as festas juninas de forma equilibrada e manter a dieta saudável

Entretenimento

Vai ficar em casa no Dia dos Namorados para fazer uma programação mais aconchegante? Use esses filmes e aproveite bem o dia!

Comportamento

O uso excessivo de telas prejudica a socialização e a comunicação, além de causar mudanças de humor, atrasos cognitivos e distúrbios no aprendizado

Receitas

Um bom vinho é ideal para celebrar o Dia dos Namorados com o seu amor; confira dicas para acertar na escolha!