Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Veja dicas de especialistas em arquitetura para montar o "gallery wall" perfeito
Veja dicas de especialistas em arquitetura para montar o "gallery wall" perfeito - Foto: Shutterstock

Casa & Decor

Gallery wall: deixe a parede de casa cheia de quadros e memórias

O gallery wall nada mais é do que uma composição de quadros e memórias afetivas que pode ser feito nas paredes; veja dicas para não errar

Pensando em uma mudança radical em casa sem pesar muito no bolso? Essa opção pode ser o gallery wall: uma decoração onde se distribui quadros, fotos e até objetos afetivos pela parede. À primeira vista, essa composição até pode parecer demais para você, mas nós garantimos que ela dá um visual artístico muito bonito!

Agora se você se empolgou com essa possibilidade, saiba que o gallery wall pode ser feito de diversas maneiras. Por isso, as arquitetas Vanessa Paiva e Cláudia Passarini, à frente do escritório “Paiva e Passarini – Arquitetura”, reúnem dicas envolvendo essa criação. Confira aqui quais são:

Escolha a parede ideal

Para as profissionais, o primeiro aspecto a considerar é a localização da parede que receberá os quadros e objetos. E para te ajudar a escolher a parede correta, vale se fazer algumas perguntas, como:

  • será em um espaço amplo ou muito estreito?
  • terá uma boa visualização para quem deseja admirá-la?
  • será possível entender toda a informação que se deseja a partir daquela perspectiva?

Entender essas questões é o pontapé inicial para montar o gallery wall e, de acordo com as especialistas, as áreas de convívio, são geralmente os lugares mais próprios para orgulhosamente exibir essa exposição particular.

Faça um mix coerente

Para que a “parede de galeria” fique bonita, você precisa de duas coisas: garantir que ela converse com a personalidade do morador e com o restante do cômodo. E as arquitetas da Paiva e Passarini – Arquitetura garantem que não há necessidade de investir em pinturas caras ou obras assinadas. Às vezes, uma lembrancinha, cartão-postal ou souvenir são suficientes um gallery wall cheio de significado.

Pense nas molduras

Uma maneira de acertar na composição é justamente apostar em molduras que conversem uma com a outra. Mas isso não significa que elas precisam ser idênticas. Você pode harmonizar os estilos de acordo com a ideia inicial.

Quadros mais rebuscados ficam incríveis com acabamentos em dourado e prata, caso a ideia seja uma composição mais clássica. Por outro lado, se a sua intenção é dar um ar mais moderno e contemporâneo, escolha molduras de contorno reto, sem muitos detalhes, em preto ou branco.

Ainda assim é totalmente possível incluir uma ou outra moldura que fuja do padrão, quebrando o estilo predominante para trazer um elemento inusitado. 

Avalie as pinturas e objetos

O que garante personalidade a cada gallery wall, segundo as especialistas, é o que vai dentro de cada moldura. E para isso, você pode buscar em seu acervo pessoal pequenos objetos que tenham significado afetivo para o morador. Uma carta antiga, escrita à mão, lembrança de viagens e a folha de uma receita da avó são apenas alguns exemplos.

A partir daí, você pode incluir gravurar para balancear e tornar o mix agradável. A atenção com esse aspecto deve ser na qualidade: impressões de baixa resolução comprometem gravemente o design.

Quantidade e tamanhos

Para fazer um gallery wall, não é necessário ter um grande volume de quadros. Isso porque a decisão sobre quantidade varia muito conforme as dimensões da parede. Ainda assim, quando se tem disponível um espaço reduzido e um grande acervo, a dica é apostar em molduras finas e delicadas, de forma que a área disponível seja realmente ocupada pelos elementos. 

Já pensando nos tamanhos, que, assim como as molduras, não precisam ser idênticos, Vanessa e Claudia sugerem não extrapolar muito. Ou seja, trazer para a cena proporções extremamente diferentes — essa é a orientação para evitar erros, porém a dupla também ressalta que ousar é sempre válido. Particularmente, eu gosto de arriscar. O divertido é se aventurar por esse caminho para alcançar um resultado que reflete a nossa essência, finaliza Vanessa.

E aí, curtiu as dicas? Então mãos a massa! Planeje seu gallery wall e dê uma cara nova para uma parede recheada de memórias afetivas de quem você mais ama!

Mais notícias como essa

Entretenimento

Vai ficar em casa no Dia dos Namorados para fazer uma programação mais aconchegante? Use esses filmes e aproveite bem o dia!

Comportamento

Está sem criatividade do que compartilhar ou enviar para seu par nesse Dia dos Namorados? Inspire-se com essas belas mensagens de amor

Pets

A flora intestinal dos animais de estimação desempenha um papel importante na manutenção do equilíbrio do organismo

Moda

Inspirada na estética esportiva de tenistas, o tenniscore está em alta no universo da moda; saiba como aderir