Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Cuidados com a lingerie: 7 dicas para cuidar melhor das roupas íntimas
A lavagem das roupas íntimas exigem cuidados especiais - Foto: Shutterstock

Casa & Decor

Lingerie: 7 dicas para cuidar melhor das roupas íntimas

Aprenda a lavar e a armazenar corretamente as roupas íntimas para fazê-las durarem mais no guarda-roupa!

Você já comprou uma lingerie e após poucos usos precisou descartar a peça por estar rasgada, desbotada ou deformada? Se sim, isso pode estar relacionado a forma como você as higieniza. Por serem peças de uso diário, consequentemente, as roupas íntimas passam por constantes lavagens, tornando os cuidados indispensáveis durante esse processo. 

Por isso, as especialistas Leticia Correia, fundadora da marca de pijamas e lingeries AVA Intimates, e Marcella Zambardino, diretora de impacto da marca de produtos de limpeza e autocuidado ecológicos positiv.a, compartilham 7 dicas para que as suas peças íntimas durem mais tempo no seu guarda-roupa. Confira! 

1. Siga as instruções de lavagem 

Antes de quebrar a cabeça pensando qual o melhor método de limpeza, atente-se primeiro à etiqueta das peças. Geralmente, elas trazem orientações de lavagem que ajudam a prolongar a durabilidade da lingerie. 

“Antes de cada lavagem, é necessário seguir corretamente as instruções que estão na etiqueta do produto. Isso porque alguns tecidos delicados precisam de cuidados especiais, como lavagem à mão ou um ciclo específico, como o delicado. Isso envolve também deixar claro se a peça pode soltar ou não tinta, demandando limpeza individual”, explica Letícia. 

2. Lave as roupas íntimas separadamente

Para evitar danificar as roupas íntimas pelo atrito com outras peças, como camisetas e calças jeans, procure lavá-las separadamente. Isso pode ser feito tanto à mão, quanto em uma máquina de lavar. 

Caso ela possua agitador, coloque as peças em um saco de limpeza. “Ele evita que a peça entre em atrito com o agitador e se desgaste. Outra dica é separar as peças por tecido e cor, para evitar que a peça seja malhada”, ressalta Letícia. 

3. Lave as peças delicadas à mão

Não coloque calcinhas e sutiãs com renda e sena na máquina de lavar. Mesmo em ciclos mais delicados, esses tecidos podem rasgar, desgastar ou se deformar durante os processos de agitação e centrifugação. Então, procure sempre lavá-los à mão.

4. Use sabão de coco ou neutro

As roupas íntimas devem ser lavadas sempre com sabão neutro, de preferência ecológico, que é feito com óleo de coco. “Essa composição não agride a pele e é segura para roupas íntimas e delicadas, como roupas de bebê, absorventes reutilizáveis e fraldas de pano”, explica Marcella. 

Atualmente, existem opções em barra ou em pó, que podem inclusive serem dissolvidas em um pouco de água morna antes de aplicar na peça. “Não é recomendado usar a barra seca direto na peça úmida, isso pode causar atrito com o tecido”, complementa.

5. Cuidado ao remover manchas de sangue

Durante a menstruação, pode acontecer de caírem pequenas gotas de sangue na calcinha. Para remover as manchas, é preciso redobrar o cuidado na escolha do removedor de manchas. Isso porque, usar um produto que não remove as manchas ocasionará um aumento na necessidade de fricção. 

Uma dica, segundo Marcella, é combinar o sabão de coco com o tira-manchas. “O tira-manchas ecológico é feito com apenas dois ingredientes minerais, remove manchas difíceis de forma fácil e além de ser seguro para roupas delicadas, também é seguro para a pele”, reforça. 

Assim, aplique o produto na área manchada da roupa íntima antes de lavar. Esfregue de forma suave o produto na mancha e deixe agir por alguns minutos, seguindo as instruções do fabricante. “Se a mancha for persistente, repita o processo e deixe a roupa de molho por algum tempo, depois, lave como de costume”, comenta a especialista. 

6. Prefira secar as peças à sombra

Após higienizar as peças, coloque-as em local seco e arejado para secar. “É preferível deixar as peças secando à sombra, pois o calor direto do sol pode provocar o desbotamento da cor, danificar as fibras do tecido, tornando a peça íntima mais propensa a riscos. Além disso, a exposição prolongada ao sol também pode causar o encolhimento do tecido”, completa Marcella. 

7. Guarde as peças adequadamente 

Por fim, é importante guardar bem as roupas íntimas. Na hora de armazenar no guarda-roupa, dobre adequadamente as peças para evitar deformações ou que elas juntem-se a outras na gaveta.

“Sabemos que a indústria da moda é uma das mais poluentes do mundo. Quando falamos de cuidar das peças e ampliar a vida útil delas, estamos falando também de sustentabilidade. Precisamos ampliar esse debate”, finaliza Letícia.

Mais notícias como essa

Horóscopo

Querendo saber de TUDO que os próximos sete dias prometem? Descubra agora, no Horóscopo Semanal do João Bidu

Beleza

O batom vermelho é um dos que ficam mais aparentes quando você borra na hora de passar, mas tem como usar ele sem esse...

Estilo de Vida

Alguns salmos poderosos podem te ajudar a ter mais dinheiro e prosperidade na vida; conheça alguns e ponha as orações em prática

Pets

Será que o condomínio tem o poder de impedir que haja cachorros em seus apartamentos? Tire essas e outras dúvidas