Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Psicanalista fala sobre o impacto da dependência emocional nos relacionamentos e alerta para a importância de identificar e procurar ajuda
A dependência emocional exige ajuda psicológica - Foto: Shutterstock

Comportamento

Dependência emocional: entenda o que é e como identificar

Psicanalista fala sobre o impacto da dependência emocional nos relacionamentos e alerta para a importância de identificar e procurar ajuda

Recentemente, a cantora Miley Cyrus conquistou seu primeiro Grammy, premiação mais importante do mundo da música. A artista venceu o prêmio nas categorias “Gravação do Ano” e “Melhor Performance Pop Solo” com a música “Flowers”, onde expôs detalhes do seu relacionamento com o ator Liam Hemsworth.

Os dois começaram a namorar em 2010 e, após idas e vindas, se casaram em 2018. O divórcio veio menos de um ano depois. Com a vitória de Miley no Grammy, a música voltou à mídia e trouxe de volta o debate sobre amor-próprio, dependência emocional e as armadilhas que um relacionamento em desequilíbrio pode trazer. 

Seja no âmbito amoroso, entre mãe e filhos ou até mesmo na área profissional, é sempre importante avaliar o quanto dependemos destas relações para seguir em frente, para crescer, tomar decisões ou simplesmente para nos sentirmos completos, explica a psicanalista Maristela Carvalho.

“Quando colocamos a nossa felicidade e empoderamento na mão de alguém, como se dependêssemos do outro para decolar e obter as coisas, passamos o poder para essa pessoa e, com isso, perdemos força. Aos poucos, aumenta a sensação de que não somos capazes, por conta própria, de conquistar as coisas, de cumprir objetivos ou realizar nossos desejos”, detalha Maristela.

Veja quem está do seu lado

A especialista afirma que a dependência emocional nos impede de empoderar-nos, além de nos paralisar frente aos obstáculos da vida, dificultando as tomadas de decisão e estagnando o nosso crescimento.

Segundo ela, quando nos sentimos verdadeiramente empoderadas, quando não precisamos de ninguém como muleta, todos que estiverem à nossa volta participarão de nossa vida como parceiros de crescimento, complementando, somando.

“Por isso, é importante que estejamos cercados de pessoas que nos ajudem a enxergar o nosso potencial e fortalecer a nossa capacidade de crescimento, de acreditar em nós mesmos”, pontua. 

Isso vale para qualquer tipo de relação, não apenas entre casais, mas também entre quaisquer pessoas que possam estar próximas e que nos ajudem a enxergar a nossa história e nossas dificuldades, que agreguem e potencializem as nossas qualidades.

Peça ajuda!

Não é fácil identificar uma dependência, especialmente a emocional. É preciso autoconhecimento para podermos entender a nossa história e perceber as nossas fragilidades e potencialidades, aponta Maristela.

“Esta percepção será possível revisitando cada trajetória ao longo dos problemas, o que muitas vezes requer apoio de um profissional, com o acompanhamento terapêutico, uma análise”, finaliza ela. 

Mais notícias como essa

Saúde

Cobertores, casacos e blusas mal higienizadas podem provocar crises de rinite e outras alergias respiratórias

Amor e Sexo

Levantamento realizado pelo aplicativo de relacionamentos happn apontou as regiões do Brasil onde as pessoas dão os melhores beijos

Receitas

Ama um café coado quentinho de manhã? Então descubra como deixá-lo ainda mais perfeito com essas dicas simples

Comportamento

Psicanalista analisa estupro matrimonial exposto no “Casamento às Cegas” e explica os sinais desse tipo de violência dentro do relacionamento