Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Saiba a relação entre o medo de envelhecer e a depressão
Saiba a relação entre o medo de envelhecer e a depressão (Crédito: Shutterstock)

Comportamento

Medo de envelhecer pode causar depressão, afirma especialista

Psicólogo explica que o medo de envelhecer e notar sinais do envelhecimento é uma fobia capaz de impactar a saúde mental

Fios brancos nos cabelos e algumas rugas no rosto são sinais que denunciam a chegada do envelhecimento. E, embora se trate de um processo natural da vida, o medo de envelhecer é bastante frequente, sobretudo por cobranças da sociedade que não aceitam a chegada da terceira idade.

Segundo Thiago dos Reis Hoffman, psicólogo e coordenador do curso de psicologia da Faculdade Anhanguera, o medo de envelhecer é considerado uma doença, a gerontofobia, registrada no Código Internacional das Doenças (CID).

“A gerontofobia é caracterizada pela aversão aos sinais do tempo no próprio corpo, como rugas de expressão e a diminuição da mobilidade, assim como por pessoas idosas. Um conjunto de fatores irá definir se o indivíduo convive ou não com essa fobia”, considera o especialista.

Impactos emocionais

De acordo com o psicólogo, o medo de envelhecer pode começar até mesmo na adolescência e isso costuma estar relacionado com a reflexão sobre a proximidade da morte e também a dificuldade em lidar com as mudanças do corpo.

“A corrida para alcançar o status imposto culturalmente pela sociedade pode desencadear traumas e doenças emocionais. O acompanhamento psicoterapêutico é recomendado em casos extremos relacionados a essa preocupação”, alerta Thiago.

Portanto, quando a pessoa tem um medo desproporcional do envelhecimento, vale buscar ajuda, viu? Isso porque, se não for tratada, a gerontofobia pode acabar impactando o emocional e causando distúrbios como a depressão.

Envelhecimento saudável

Primeiramente, tenha em mente que envelhecer não é um bicho de sete cabeças, tudo bem? Pelo contrário: o envelhecimento, além de natural, pode ser um processo saudável e cheio de coisas boas.

Nesse sentido, o psicologo recomenda as seguintes dicas:

  • Exercite-se para diminuir o risco da depressão e fortalecer os músculos;
  • faça exames de prevenção e rotina;
  • conviva com diferentes gerações;
  • mantenha o contato com os velhos amigos;
  • participe de clubes e grupos para aquecer as dinâmicas sociais e fazer novas amizades.

Fonte: Thiago dos Reis Hoffman, psicólogo, professor e coordenador do curso de Psicologia da Faculdade Anhanguera.

Mais notícias como essa

Casa & Decor

Às vezes, mesmo com a faxina frequente, você pode estar cometendo outros erros que atraem a poeira para o seu lar

Receitas

Super saudável, a ora-pro-nóbis pode aparecer em chás e várias outras receitas; aprenda como consumir e absorver seus benefícios

Saúde

Endometriose é responsável por cerca de 30 a 50 % da infertilidade feminina; especialista explica os tipos de tratamento

Receitas

Com essas dicas, você vai saber como fazer um brigadeiro ainda mais delicioso, praticamente uma versão gourmet do doce