Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
A desigualdade de gênero é um problema que afeta mulheres ao redor do mundo
A desigualdade de gênero é um problema que afeta mulheres ao redor do mundo - Foto: Shutterstock

Comportamento

Ranking divulga países com menores índices de desigualdade de gênero

Na edição de 2022, o Brasil alcançou o 94º lugar entre 146 nações, e vem piorando sua colocação nos últimos dez anos

Anualmente, o Fórum Econômico Mundial divulga um ranking que mede a igualdade de gênero em todo o mundo. A lista é realizada desde 2006 e funciona da seguinte maneira: existe uma pontuação que vai de 0 a 1 e quanto mais próximo de um, mais esse país está próximo de alcançar a igualdade entre homens e mulheres. Nesse sentido, quanto mais próximo de zero, maior a desigualdade de gênero.

Para formar o ranking, a organização sem fins lucrativos avalia quatro pontos: saúde e sobrevivência, grau de instrução, participação econômica e oportunidades, e o empoderamento político. Cada pilar possui um indicador diferente.

Confira abaixo quais são os países com menos desigualdade de gênero no mundo!

PosiçãoPaísScore
1Islândia0,908
2Finlândia0,860
3Noruega0,845
4Nova Zelândia0,841
5Suécia0,822
6Ruanda0,811
7Nicarágua0,810
8Namíbia0,807
9Irlanda0,804
10Alemanha0,801
Fonte: Fórum Econômico Mundial

De acordo com a lista, o Brasil ocupa atualmente a 94.º posição dentre 146 nações. E essa é uma preocupação pois o país vem caindo algumas posições no ranking com o passar dos anos. De 2020 a 2022, o Brasil caiu duas posições. Diante dos quatro pilares que formam o índice, houve avanços nas áreas da saúde e educação, porém retrocessos na participação política e na igualdade econômica

Por que o Brasil vem caindo no ranking?

Em entrevista à BBC, Ana Diniz, professora e coordenadora do Núcleo de Estudos de Diversidade e Inclusão no Trabalho do Insper, explicou que em muitos desses países existem políticas de gênero que ampliam e incentivam a participação das mulheres no mercado de trabalho

Por outro lado, no Brasil, os altos índices de violência contra mulheres no país fizeram com que as políticas de gênero por aqui fossem, majoritariamente, voltadas para a proteção da integridade física desse público. 

Governo promete mudanças

Neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve apresentar uma lei que garanta remuneração igual para homens e mulheres que exerçam a mesma função.

O anúncio foi feito na última terça-feira (28). O projeto ainda está em construção, mas deve mexer na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Além disso, será mais uma ferramenta na luta contra a desigualdade de gênero.

Mais notícias como essa

Saúde

Saiba quanto tempo antes de dormir você deve parar de beber café e qual é a quantidade máxima de cafeína recomendada para não perder...

Receitas

Algumas dicas podem te ajudar a facilitar as compras de supermercado e não passar horas do seu dia nessa tarefa

Beleza

Procedimento proporciona mais sustentação à mama e à prótese de silicone em mamoplastias e mastopexias; especialista explica

Amor e Sexo

Estudo realizado por aplicativo de relacionamento apontou a opinião de homens e mulheres sobre as camisas de time de futebol no date