Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
O equilíbrio de chakras pode proporcionar um maior senso de conexão consigo mesmo e com o universo
O equilíbrio de chakras pode proporcionar um maior senso de conexão consigo mesmo e com o universo - Foto: Shutterstock

Estilo de Vida

Equilíbrio de chakras: entenda os benefícios da prática

O equilíbrio de chakras pode auxiliar pessoas a se sentirem mais centradas, calmas e energizadas; veja o que especialista diz sobre assunto

Você já ouviu falar em equilíbrio de chakras? O assunto veio a tona após Yasmin Brunet usar a técnica no BBB24 com alguns brothers. Para entender melhor do que se trata, nós conversamos com a terapeuta holística Mariana Tortella, que trouxe informações relevantes sobre o assunto.

De acordo com a especialista, a prática de equilibrar os chakras pode ajudar as pessoas a se sentirem mais centradas, calmas e energizadas, além de promover um maior senso de conexão consigo e com o universo.

Mariana comenta que os chakras são centros de energia que ficam no nosso duplo etérico, que é um corpo energético que todo ser humano possui ao redor do corpo físico.

“Nesse corpo energético a gente tem milhares de chakras, mas existem sete principais que estão relacionados com as glândulas do nosso sistema endócrino. Então cada glândula do nosso sistema endócrino, desde a cabeça até a base da coluna, tem um chakra principal. E esses centros de energia, eles conectam diretamente com o nosso mental, com o nosso emocional, com o nosso espiritual e com o nosso corpo físico”, diz a terapeuta.

Benefícios da prática

A terapeuta holística explica que existem diversos benefícios de fazer o equilíbrio de chakras, mas eles podem ser resumidos e sentidos em quatro áreas. Confira abaixo:

  • Nível mental: você tem mais clareza, mais foco, mais concentração, mais disciplina, mais objetividade. Melhor aprendizado e memória, melhor linguagem, uma melhor capacidade cognitiva, lógica e de raciocínio. É possível ainda limpar crenças e pensamentos limitantes e negativos.
  • Nível emocional: elimina a ansiedade, estresse, irritação, depressão, burnout, pânico, tristeza, angústia, euforia. Uma pessoa que está equilibrada emocionalmente tem mais tranquilidade, mais calma, mais harmonia, mais amor-próprio, mais paciência.
  • Nível espiritual: é possível adquirir mais consciência, conexão consigo mesmo, encontrar um propósito, missão de vida, se conectar a algo maior, enxergar além da “bolha” vivida. Geralmente, é possível “sair da matrix”, se encontrar, literalmente saber quem é, onde você está e o porquê de estar nesse lugar, além de entender qual é o seu propósito na vida.
  • Nível físico: não é possível prometer cura com a harmonização de chakras, mas até isso pode acontecer. Uma pessoa fisicamente harmonizada tem mais saúde, mais energia, mais vitalidade, mais disposição, melhora do sono, na alimentação, no funcionamento do intestino, ela deixa de ter enxaqueca, ela pode se libertar de vários problemas crônicos. Uma doença, por exemplo, no útero, no ovário, no coração, na respiração, no pulmão.

Como fazer o equilíbrio de chakras?

Mariana comenta que existem várias formas para fazer o equilíbrio de chakras. Por exemplo, de dentro para fora, você pode fazer uma meditação, yoga, ou até mesmo dar tempo ao tempo.

“Às vezes a pessoa ao longo da vida vai se tornando uma pessoa mais sábia, com mais consciência, e consegue se manter em maior equilíbrio. Existem as ferramentas de fora para dentro, que é o que a gente faz pela radiestesia terapêutica. A gente vai montar gráficos, utilizar cristais para que essa energia chegue até a pessoa, e aí, sim, a pessoa comece a trabalhar internamente. Essa é a técnica da radiestesia terapêutica”, diz a terapeuta holística.

A profissional reitera que qualquer pessoa pode e deve harmonizar os chakras, inclusive, gestantes, bebês recém-nascidos, idosos, pessoas com qualquer doença, e alerta para que isso seja feito com um bom terapeuta.

“O bom terapeuta sabe quais são os chakras que precisam ser harmonizados, se está com desequilíbrio ou não, se deve equilibrar ou não, qual que é o tempo do tratamento. Se você dá a sua energia para qualquer pessoa trabalhar, ela pode causar, na verdade, um problema de desequilíbrio da energia”, explica.

Identificando a necessidade

Por fim, a especialista também trouxe dicas para ajudar a identificar se existe a necessidade ou não de passar por um equilíbrio de chakras.

“Por exemplo, uma pessoa sem criatividade, sem energia, fadigada, cansada, estressada, sem bateria, ela está com um bloqueio energético no chakra sacro, que é um chakra que provê energia para ela. E uma pessoa que está com a cabeça muito cheia, com muito pensamento, está quase tendo aquele pane mental, ela está com excesso de energia no chakra frontal. Então, é importante o equilíbrio energético dos chakras. Se está com excesso, tira do excesso, põe no equilíbrio, se está com falta, bloqueado, a gente tira do bloqueio e coloca ele no equilíbrio para ele funcionar perfeitamente”, finaliza Mariana.

Mais notícias como essa

Pets

Médica-veterinária explica como o estilo de vida e a castração, por exemplo, influenciam em quanto tempo vive um gato

Moda

Confira aqui algumas dicas para incorporar o jeans ao seu visual e criar looks incríveis com diferentes peças!

Beleza

Com o inverno chegando, chegou a hora de montar um nécessaire ideal para a estação, com todos os itens indispensáveis em um clima mais...

Casa & Decor

Algumas pessoas, especialmente as iniciantes nos cuidados com plantas, têm dificuldade em saber quando elas podem estar morrendo