Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Brincadeiras infantis são fundamentais para o desenvolvimento da criança; especialista explica
Brincar ajuda no processo de aprendizado das crianças - Foto: Shutterstock

Estilo de Vida

Entenda a importância das brincadeiras durante as férias

Brincadeiras infantis são fundamentais para o desenvolvimento da criança; especialista explica

As brincadeiras têm importante função no desenvolvimento global de toda criança, e com a chegada das férias escolares, elas se tornam grandes aliadas para entreter as crianças durante este período. São nos momentos de brincadeira que a criança aprende conceitos, entende os objetos, passa a ter noção de tempo e espaço que vão se aperfeiçoando ao longo do tempo. Além disso, elas também são um meio de expressão em que a criança transforma em ações os seus pensamentos.

A psicopedagoga do Espaço Zune, Patrícia Martins Sahb, explica que brincar é uma forma divertida de construir os conceitos pedagógicos da criança. “As crianças que brincam desenvolvem a sua criatividade e o lúdico, que beneficia na educação e na socialização, além de trazer bem-estar”, comenta ela. 

Brincadeiras como aprendizado

Normalmente, o início da vida escolar no berçário, creche ou mesmo na pré-escola é visto como o momento em que os filhos começam a sistematizar o conhecimento recebido das professoras e colegas. Contudo, a profissional explica que isso se inicia muito antes e ressalta que crianças que têm o hábito de brincar formam conceitos, organizam e selecionam as ideias, desenvolvem as suas habilidades afetivas, cognitivas, sociais e psicomotoras.

“A criança aprende habilidades físicas simples que serão fundamentais para o desenvolvimento de outras mais complexas”, afirma Patrícia. Entre as brincadeiras, existem as conduzidas, em que o objetivo é socializar as crianças, ensinar a brincar, a descobrir o prazer e os benefícios das brincadeiras. Nesse sentido, a exposição a novos conceitos, cores, formas, tamanhos e texturas promove o desenvolvimento intelectual com a habilidade de associar palavras e outros conceitos.

Outro tipo de brincadeira é a espontânea, quando as crianças buscam por si só o que as fazem felizes, seja sozinhas ou buscando pares. “A brincadeira com outras crianças da mesma idade é de extrema importância para a socialização, porque ela aprende sobre as relações humanas, como a vez de cada um, dar e tomar objetos, conceitos de certo e errado, regras”, destaca a psicopedagoga.

Brincadeiras como forma de expressão

A brincadeira é a primeira linguagem da criança, utilizada para expressar pensamentos, raciocínio, além de promover estímulos de concentração e atenção. “A questão não é só brincar, mas os benefícios que isso traz nas escolas, como a aprendizagem da linguagem e a habilidade motora”, sublinha.

Segundo a psicopedagoga, mais do que serem parte importantes do processo de desenvolvimento da criança, as brincadeiras também contribuem para o treinamento moral. “Brincar é uma oportunidade de aprender a conviver em sociedade, fortalecer valores e construir adultos responsáveis, cientes de seu papel na sociedade”, finaliza.

Mais notícias como essa

Receitas

Colocar alguns alimentos no micro-ondas pode não ser adequado ou mesmo se mostrar perigoso; saiba quais não devem ir no eletrodoméstico

Estilo de Vida

A prática de exercícios físicos durante a menstruação pode trazer benefícios para o bem-estar físico e emocional

Receitas

Alimentos termogênicos aumentam a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e promovendo a queima de gordura

Pets

Saiba como se preparar para garantir a segurança e o bem-estar do seu animal de estimação durante a viagem