Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Lei da Atração: 4 dicas para usar o poder da mente a seu favor
Saiba como aplicar a Lei da Atração na sua vida - Foto: Shutterstock

Estilo de Vida

Lei da Atração: 4 dicas para usar o poder da mente a seu favor

Thais Galassi, podcaster e especialista em mindset, revela como atrair os próprios desejos através da mudança e da força dos pensamentos

A Lei da Atração é uma técnica que pressupõe que a mente humana está ligada ao universo por meio da força do pensamento de cada indivíduo. Assim, os sentimentos e as emoções têm o poder de atrair pessoas, eventos e circunstâncias para a realidade.

De acordo com Thais Galassi, mentora de inteligência emocional e especialista em mindset, a Lei da Atração funciona a partir do momento em que o ser humano tem consciência de que tudo aquilo que ele visualiza, afirma, sente, pensa e fala tem uma consequência. 

“Nós não atraímos aquilo que queremos, mas, sim, o que somos, sentimos e estamos vibrando. A nossa energia interior e todos os pensamentos emitem vibrações que ressoam no campo do universo, trazendo experiências semelhantes para a vida”, complementa.

Segundo Thais, a ideia central dessa técnica é cultivar pensamentos e emoções positivas e focar a atenção nos desejos, como se eles já estivessem acontecendo, sem deixar espaço para sentimentos negativos, dúvidas e medo. 

“Não temos que pedir nada ao universo, temos que ser co-criadores da nossa realidade. Assim, temos que imaginar um futuro na nossa mente e acreditar nele, pois agir dessa forma aumenta a probabilidade disso se materializar em nossa vida”, pontua a especialista.

Para quem deseja aplicar as ferramentas da teoria no cotidiano, Galassi deixa alguns pontos importantes a serem seguidos. Confira, abaixo, quais são eles:

1. Foque no que deseja

Coloque sua atenção, foco e concentração naquilo que você quer que aconteça. Ou seja, se você quer um carro, por exemplo, visualize-se dentro do automóvel, dirigindo-o. “Vale ir até uma concessionária, entrar no carro e sentir como é a experiência para, depois, mentalizar e colocar a atenção como se o carro já estivesse presente na vida”, sugere Thais. 

2. Cuide das emoções

As emoções podem ajudar ou atrapalhar os desejos e concretizações. Sendo assim, cuide das suas emoções para tornar seus pensamentos mais positivos. Conforme Thaís, é um trabalho de autodesenvolvimento diário, em que é preciso orar e vigiar os pensamentos e as emoções.

“Quando levamos a atenção para problemas ou coisas ruins que estão acontecendo no mundo, a vibração que estamos emitindo no campo quântico não será positiva, assim como os resultados que virão. Por isso, respire e foque no que há de bom, uma vez que focar nos sonhos é o que faz com que eles se materializem”, explica. 

3. Mude o mindset

Partindo da concepção de que aquilo que estamos vivendo vem do que estamos pensando e criando, os problemas são iguais. Então, para a podcaster, a origem dos problemas está ligada diretamente àquilo que as pessoas estão emanando. 

“Tenha consciência de que, quando se está com um problema grande na vida, ele foi atraído. Assim, se não curar essa questão negativa dentro de si, a pessoa vai continuar atraindo situações parecidas, até olhar, de fato, para o que precisa curar”, complementa.

4. Trabalhe o autodesenvolvimento

No processo de autoconhecimento, as pessoas aprendem a gerenciar as emoções, olhar para o passado, curar as feridas para moldar uma nova e diferente vibração. “A pessoa sai da energia da reclamação e entra na da gratidão, o que, consequentemente, atrai circunstâncias favoráveis e incríveis, ao melhorar a própria vida de dentro para fora. Pratique e verá a mudança acontecer dia após dia”, finaliza Galassi.

Mais notícias como essa

Saúde

Uvas, azeitonas, nozes, sementes e pipoca são alguns dos alimentos que possuem maior risco de provocar engasgo em pessoas acima dos 60 anos

Beleza

Cuidados simples no dia a dia ajudam a manter os cabelos loiros hidratados e com muito brilho

Receitas

Está com medo de fazer feijoada demais ou de menos para o almoço em família? Confira dicas para acertar nisso e no sabor do...

Comportamento

Quer saber a importância de bons amigos na infância e como ajudar seu filho a conquistar isso? Especialista explica