Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Veja como planejar o uso do seu 13° salário nesta reta final do ano
Veja como planejar o uso do seu 13° salário nesta reta final do ano - Foto: Shutterstock

Finanças e Empreendedorismo

13° salário: 5 dicas para aproveitar melhor o seu dinheiro

Saiba como aproveitar o pagamento do 13° salário para quitar as dívidas e equilibrar o orçamento doméstico

Para muitos brasileiros, o pagamento do 13° salário será como um alívio para compor o orçamento doméstico nesta reta final de ano. Contudo é importante lembrar que essa quantia deve ser usada com sabedoria para garantir o equilíbrio das contas. 

Por isso, Mara Marcondes, que é especialista em investimentos, separou cinco dicas de como aproveitar o 13° salário de forma mais consciente e evitar dificuldades financeiras. Confira:

1. Planeje-se

A pior fase da pandemia passou, no entanto, ainda vivemos um momento de incertezas na economia. Sendo assim, antes de utilizar o seu 13° salário, avalie sua situação financeira e trace uma estratégia para usar esse recurso. “Ter consciência, disciplina e ação, te conduzirá a outro patamar nas finanças”, diz a especialista.

2. Quite suas dívidas

Se você avaliou o seu orçamento e viu que está cheio de dívidas, é melhor utilizar o seu benefício para quitá-las. Para isso, “negocie com cada credor o pagamento antecipado dos contratos e, se estiver em atraso, proponha um acordo para reduzir os juros e liquidar a dívida”, aconselha Mara. 

Entretanto, se eles estiverem em dia, opte por quitar os contratos de maior prazo e taxa de juros. “O melhor é quitar as últimas parcelas, pois o desconto dos juros, em uma antecipação, amortiza os encargos, diminui o saldo da dívida e reduz o número de parcelas”, ressalta. 

3. Antecipe o pagamento das despesas de início de ano

Para quem não tem dívidas mais urgentes, o 13° salário pode ser usado para antecipar as contas de início de ano e garantir um desconto no pagamento, como explica Mara.

“Antecipar esses contratos com desconto pode ser muito atrativo, além de não aumentar as despesas mensais, gerados pelo parcelamento dessas despesas”.

4. Faça investimentos

Outra opção é usar o recurso para fazer uma carteira de investimentos. A especialista recomenda iniciar suas aplicações pensando em uma reserva de emergência, que deve compor de 3 a 6 vezes suas despesas mensais. 

Entretanto, a especialista alerta que para este tipo de investimento, o ideal é buscar aplicações que tenham menor grau de risco e maior liquidez, o que permite o resgate imediato do dinheiro, em caso de imprevistos. 

5. Planeje seu próximo ano

Segundo Marcondes, o 13° salário também pode ser utilizado para realizar sonhos, como uma viagem ou a compra de um imóvel, por exemplo. 

“Avalie seu projeto e aproveite este dinheiro para realizá-lo, afinal, o dinheiro é o meio pelo qual você realiza projetos e conquista uma melhor qualidade de vida para você e seus dependentes financeiros”, comenta.

Fonte: Mara Marcondes, head de Community e Engagement da Quattro Investimentos.

Mais notícias como essa

Saúde

Cobertores, casacos e blusas mal higienizadas podem provocar crises de rinite e outras alergias respiratórias

Amor e Sexo

Levantamento realizado pelo aplicativo de relacionamentos happn apontou as regiões do Brasil onde as pessoas dão os melhores beijos

Receitas

Ama um café coado quentinho de manhã? Então descubra como deixá-lo ainda mais perfeito com essas dicas simples

Comportamento

Psicanalista analisa estupro matrimonial exposto no “Casamento às Cegas” e explica os sinais desse tipo de violência dentro do relacionamento