Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Atentar-se à sua linguagem corporal e ter um roteiro são essenciais para ter um bom desempenho em vídeos e lives
Saiba como se expressar bem em vídeos e lives - Foto: Shutterstock

Finanças e Empreendedorismo

Como se expressar bem em vídeos e lives? Confira 6 dicas

Atentar-se à linguagem corporal e ter um roteiro são essenciais para ter um bom desempenho em vídeos e lives

Na era digital, a habilidade de expressar-se de forma eficaz em vídeos e lives demanda habilidades específicas e atenção a detalhes essenciais. Nesse universo, cada palavra e gesto são preciosos, exigindo uma abordagem técnica e cuidadosa. 

Pensando nisso, a fonoaudióloga, mestre e especialista em Comunicação e Oratória, Fernanda de Morais, trouxe dicas para melhorar o desempenho e se expressar bem em vídeos e lives. Confira!

1. Tenha um roteiro

Roteirizar suas ideias é fundamental para evitar dispersões e manter a relevância. Evite falar excessivamente sobre um tema, desviar do tópico ou introduzir conteúdo irrelevante. Um roteiro é o guia que assegura clareza e coesão em suas apresentações.

2. Controle o nervosismo

Reduza o nervosismo com exercícios de voz e técnicas de respiração prévias à gravação. “Aquecer a voz e controlar a respiração contribuem para uma comunicação mais confiante e natural”, explica a especialista.

3. Preste atenção à sua linguagem corporal

A linguagem corporal reforça suas ideias e estabelece presença diante da audiência. “Mantenha contato visual com a câmera, utilize gestos para enfatizar pontos-chave e mantenha uma postura aberta e ereta para transmitir poder e autoridade”, orienta Fernanda. 

4. Faça exercícios para a voz

Pratique exercícios de voz, como vibrar a ponta da língua “trrr…”, para aprimorar projeção e confiança. Exercícios de dicção, como a sequência “Pa ta cá, pra tra cra, pla tla cla” ajudam na articulação e clareza da fala.

5. Evite este erro!

Nos primeiros 5 segundos, evite introduções monótonas, por exemplo: “Olá, eu sou… (seu nome),…… (sua profissão)”. Varie a entonação para manter o interesse. Evite falar muito rápido ou devagar, o que pode prejudicar a compreensão do conteúdo.

6. Acrescente storytelling

De acordo com a fonoaudióloga, incluir narrativas cativantes em seus vídeos é fundamental. O storytelling tem o poder de atrair uma audiência significativamente maior do que o esperado, proporcionando uma experiência envolvente.

Mais notícias como essa

Estilo de Vida

Especialista ensina como aplicar a neurociência no seu dia a dia para aumentar a sua disposição e melhorar a sua produtividade

Pets

Médica-veterinária explica como o estilo de vida e a castração, por exemplo, influenciam em quanto tempo vive um gato

Receitas

Nada mais decepcionante do que fazer um bolo e ele murchar, não é mesmo? Descubra como não passar mais por isso

Receitas

Fazer uma tapioca deliciosa como aquelas de café da manhã de hotel é possível; basta saber de alguns truques especiais