Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Golpe do chocolate: saiba como não se tornar vítima nesta Páscoa
Golpistas aproveitam a proximidade da Páscoa para aplicar o golpe do chocolate - Foto: Shutterstock

Finanças e Empreendedorismo

Golpe do chocolate: saiba como não se tornar vítima nesta Páscoa

Criminosos se passam por empresas conhecidas em aplicativos de mensagem para extorquir vítimas e clonar cartões de crédito

A aplicação de golpes por aplicativos de mensagem são cada vez mais comuns, e com a aproximação da Páscoa, golpistas encontraram um novo jeito de enganar pessoas através do golpe do chocolate.

Usando nomes de marcas famosas, como Cacau Show e Kopenhagen, os golpistas entram em contato por meio de apps como o WhatsApp e informam que a pessoa ganhou uma cesta de chocolate que será enviada até o seu endereço.

A questão é que, para receber o presente, a vítima terá que pagar uma taxa de entrega. Assim, os golpistas enviam um entregador com uma maquininha de cartão até a casa da pessoa e, sem que a vítima perceba, insere valores altos. O cartão também pode ser clonado em alguns casos. A vítima só nota o golpe quando vê o saldo da conta ou a fatura digital do cartão.

Em nota, a Cacau Show informou que “não solicita cobrança de valores no ato da entrega”. A empresa recomenda recusar tentativas de entrega de itens da marca se houver cobrança adicional de frete. A Kopenhagen, por sua vez, diz que usa as redes sociais para alertar sobre os riscos de golpes.

Como se proteger?

Para evitar ser vítima desse tipo de golpe é importante tomar alguns cuidados, principalmente se for contatado por meio de aplicativos de mensagem. Abaixo, você confere os principais pontos que merecem atenção:

Não pague por algo gratuito

Empresas não costumam enviar algo de graça e cobrar por isso. Sendo assim, desconfie se tiver que pagar para receber produtos ou prêmios oferecidos gratuitamente. 

Na dúvida, acione a empresa

Sempre que tiver dúvida, procure os canais oficiais de atendimento das empresas ou tente contato com elas pelas redes sociais. Isso pode ser o suficiente para não cair em fraudes, como o golpe do chocolate.

Não informe seus dados

As marcas não solicitam dados financeiros por WhatsApp. Portanto, jamais informe dados pessoais nem clique em links suspeitos — mesmo que você conheça quem enviou.

Mais notícias como essa

Saúde

Oftalmologista explica o que é glaucoma, quais são os principais sintomas e como tratar a condição

Beleza

Profissional lista cuidados para manter a saúde e beleza dos cabelos mesmo após procedimentos que podem danificá-los

Finanças e Empreendedorismo

Com o término do prazo para declaração do Imposto de Renda se aproximando, especialista esclarece as dúvidas comuns sobre o assunto

Estilo de Vida

As simpatias para o amor conseguem atrair pretendentes, ajudar o rolo a virar namoro e até fazer aquele alguém especial pensar em você