Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Confira agora os cuidados necessários na hora de viajar com os pets nessas férias
Confira agora os cuidados necessários na hora de viajar com os pets nessas férias - Foto: Shutterstock

Pets

Malas prontas! Cuidados importantes para viajar com pets em segurança

Saiba quais os cuidados necessários na hora de fazer uma viagem com seu animalzinho de estimação

Nada melhor do que aproveitar as férias após passar o ano todo trabalhando e vivendo uma vida agitada. Tirar um momento de lazer para descansar o corpo e a mente é muito importante, mas se você tem um bichinho de estimação e vai levá-lo na viagem, é preciso tomar alguns cuidados importantes.

Além de se preocupar com a segurança da família, os tutores que vão viajar de carro precisam prezar pela segurança do animal, principalmente se a viagem na estrada for longa. Por isso, preparamos dicas de como aproveitar o passeio de carro ao lado de seu pet. Confira:

Caixa de transporte

Para que seu animalzinho fique seguro e confortável, a melhor forma é viajar com ele em uma caixa de transporte. Além disso, também é possível usar outras formas como o cinto de segurança adequado para os pets, cadeirinhas ou cestinhas.

Procure um veterinário que o aconselhará a melhor forma para o porte do animal. Lembre-se: o animal não pode ficar solto no veículo, nem mesmo ser carregado no colo, já que isso pode colocar a segurança dos ocupantes em risco.

Esteja com a vacinação em dia

Antes de decidir cair na estrada para aproveitar sua viagem, verifique se seu pet está com a vacinação em dia. É muito importante que o animalzinho esteja imunizado, e não esqueça de levar a carteirinha de vacinação dele.

Também é recomendável ter um atestado de saúde animal emitido por um médico veterinário, caso a viagem seja muito longa. Alguns lugares, inclusive, exigem essa documentação para liberar a entrada do bichinho.

Vermifugação

A vermifugação, assim como o uso de produtos ectoparasiticidas que protegem contra a ação de pulgas e carrapatos, deve ser realizada com alguns dias antes do passeio. Isso é muito importante para proteger a saúde do animal e garantir o bem-estar dele durante a viagem.

Itens essenciais do pet

Assim como os humanos, os pets também precisam de uma mala. É importante levar todos os itens essenciais de seu animalzinho, como os potes de água e comida, ração, toalha, shampoo, a caminha, cobertor, brinquedos ou qualquer outro adereço que eles esteja acostumado no dia a dia.

Além disso, é bom colocar uma coleira de identificação com nome e telefone do responsável. Caso o pet use alguma medicação, leve uma quantidade um pouco maior do que os dias que irão passar fora de casa.

Alimento antes da viagem

A indicação é sempre que o tutor dê pouca quantidade de alimento ao pet antes da viagem, para garantir conforto e bem-estar ao animal. Assim, você evitará que ele passe mal durante a viagem por estar com o estômago cheio.

Além disso, também é bom passear e brincar bastante para que o pet gaste energia, e quem sabe, dormir durante o percurso. Caso seu bichinho seja sensível ao movimento do carro e passe mal com frequência, o tutor deve conversar com seu veterinário e solicitar alguma medicação para ajudar com o mal-estar.

Horário da viagem

Procure viajar perto do amanhecer ou anoitecer, pois esse horário vai ajudar a evitar que seu pet sofra com o estresse térmico, que pode acontecer quando o sol bate diretamente sobre ele.

Lembre-se de não deixar seu bichinho sozinho no carro sob nenhuma condição, já que eles não transpiram como os humanos e podem sofrer casos de hipertermia. É importante programar pausas a cada duas horas para que ele beba água, faça suas necessidades e caminhe um pouco.

Atenção redobrada com seu pet

Ao chegar em seu destino, tome cuidados específicos com seu pet. Caso o local tenha piscina, supervisione os mergulhos, mesmo que ele saiba nadar. Tenha cuidado também com orelhas, a pele e o pelo do animal, para evitar dermatites.

Cuidados com o gato

Gatos não são grandes fãs de viagens e acabam estranhando lugares e pessoas diferentes. O ideal é deixá-los sob os cuidados de um pet sitter ou contar com uma pessoa de sua confiança para trocar a água, colocar comida e limpar a caixa de areia diariamente.

Contudo, se o tutor prefere levar o pet na viagem, é preciso investir em medidas que diminuam o estresse de seu bichinho, como usar feromônios específicos e acostumá-lo a usar a caixa de transporte com antecedência.

Evite as viagens caso seu animalzinho já seja idoso, pois o estresse do transporte e o novo ambiente pode ser desgastante demais para ele, ocasionando sérios problemas de saúde.

Viagens de avião

Se você for viajar de avião, é preciso entrar em contato com a companhia aérea para saber quais são as exigências para transportar seu bichinho de estimação, já que cada empresa de transporte tem o seu protocolo.

Caso seja uma viagem internacional com o pet, verifique com antecedência as exigências da companhia aérea e também do país de destino.

Mais notícias como essa

Pets

Dar comida demais ou de menos para os cães e gatos pode causar problemas para o bem-estar e a saúde dos animais

Beleza

Dermatologista explica as causas dos cabelos brancos e esclarece mitos e verdades sobre o assunto

Saúde

A adoção do jejum intermitente na rotina alimentar pode trazer efeitos positivos para a saúde

Receitas

Pode deixar de comer pão murcho! Com essas dicas e truques, o alimento vai voltar a ficar delicioso