Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Descubra o que torna um local pet friendly
Descubra o que torna um local pet friendly - Shutterstock

Pets

O que torna um local “pet friendly”? Entenda

Apesar de muitos locais se dizerem “pet friendly”, vários não estão devidamente preparados para receberem os animais

Cada vez mais é possível encontrar locais, como hotéis, pousadas, shoppings e até restaurantes, que se dizem “pet friendly”. Porém, o que isso significa na prática?

Pet friendly é uma expressão em inglês que quer dizer que um estabelecimento é “amigo dos animais domésticos”. Ou seja, cães e gatos são bem-vindos ali e terão um espaço no qual poderão se divertir com os seus tutores. Isso deixa muitas pessoas felizes, já que, segundo dados de 2019 do IBGE, 33,8 milhões de lares no Brasil têm ao menos um cão e 14,1 milhões ao menos um gato.

Entretanto, há muitos casos nos quais lugares usam essa denominação apenas para explicar que permitem cães ali, sem realmente tomarem as ações necessárias para que o ambiente seja adequado e bom para os bichinhos. Por isso, cães e gatos podem acabar passando por momentos de desconforto ali, assim como seus tutores.

Dessa forma, hotéis e pousadas que se dizem pet friendly, contudo não contam com um local exclusivo para tutores e pets comerem juntos ou bebedouros para cães e gatos, por exemplo, não são realmente as melhores opções para levar os seus bichinhos. É preciso sempre pesquisar e buscar mais informações sobre o estabelecimento antes do passeio.

Coisas necessárias para um local realmente pet friendly

Para que um espaço seja pet friendly, e não apenas aceite animais, ele deve ter uma infraestrutura adequada para isso, incluindo coisas como:

  • Saquinhos e lixeiras à disposição para descartar as fezes dos cães e gatos
  • Bebedouros com água sempre fresca para os animais
  • Ambientes nos quais tutores e pets possam brincar juntos
  • Profissionais que consigam lidar com as necessidades dos animais
  • Ganchos nos pés das mesas para prender a coleira
  • Área externa adequada para os pets
  • Cardápios incluindo opções para animais

É importante que o local também não tenha coisas que possam ser prejudiciais, como plantas que são venenosas para animais.

Vale lembrar que, antes de levar o seu bichinho para um local, mesmo que pet friendly, você deve se certificar que o animal também esteja preparado para isso. Dessa forma, ele não irá se estressar e até acabar causando algum dano a outros animais no ambiente.

Também é preciso entender as regras de cada local, que podem variar dependendo do porte do seu animal. Pode ser obrigatório que cães pequenos usem coleiras com guia, enquanto os médios ou grandes podem precisar, além disso, estar com focinheiras.

Mais notícias como essa

Moda

Nesse momento de oscilação entre frio e calor conhecido como meia-estação, é preciso peças que se adaptem bem a diferentes temperaturas

Estilo de Vida

Influenciadora e especialista em Lei da Atração, Nanda Silveira lista as melhores técnicas de manifestação para encontrar sua alma gêmea

Astrologia

Saiba qual das fases da lua é a melhor para cada tipo de procedimento, tratamento ou mudança nos cabelos e por quê

Receitas

Com essas dicas, preparar um feijão delicioso e com o caldo na consistência certa vai ficar muito mais fácil