Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
O tapete higiênico costuma ser a principal escolha dos tutores
O tapete higiênico costuma ser a principal escolha dos tutores - Shutterstock

Pets

Pet deve fazer xixi no jornal, tapete higiênico ou passeio?

Antes de ensinar o pet a fazer xixi no lugar certo, fique por dentro de qual é a melhor opção para esse momento

Entre os muitos cuidados que um pet requer, um deles é voltado para a hora das necessidades — afinal, ele também precisa fazer xixi e cocô! Quando filhote, o momento é ainda mais cuidadoso, porque é preciso ensinar o cãozinho onde é o lugar certo disso. Mas, antes de mesmo de começar esse processo, vale pensar em qual alternativa será adotada: jornal, tapete higiênico ou levar para passear?

Atualmente, os tapetes higiênicos são os mais utilizados nos lares com pets. Além da variedade de tamanhos e preços, as populares “fraldinhas” são bastante higiênicas, visto que absorvem o xixi, evitando vazamentos, mau cheiro e sujeiras pela casa. Porém, o valor nem sempre é acessível para todos os tutores, algo que varia entre 50 a 90 reais por um pacote com 30 unidades. 

É nessa questão financeira que entra o jornal, como uma alternativa de maior custo-benefício. No entanto, as folhas requerem alguns cuidados diferentes, como trocas mais frequentes devido à menor absorção e também com relação ao material. Segundo o veterinário Ricardo Garcia, o ideal é usar jornais próprios para pets, porque “o comum pode causar alergia por conter substâncias tóxicas usadas para impressão ou estar muito tempo guardados e conter ácaros”, alerta.

O passeio é a principal escolha, mas requer disponibilidade na rotina (Crédito: Shutterstock)

Como terceira opção estão os passeios, uma atividade essencial na vida dos cachorros. O médico aponta que, mesmo a saídas não sendo a principal escolha, ela deve estar associada ao outro método escolhido. Afinal, passear estimula o olfato do animal, ajudando com que ele não faça as necessidades em casa no lugar errado, além de gastar sua energia e diminuir o estresse e ansiedade — fator importante para jornais e tapetes higiênicos não serem destruídos, viu?!

Qual é a melhor opção?

“É preciso adaptar o pet à rotina. Se o tutor tiver a disponibilidade de levar o cão para passear de 3 a 4 vezes ao dia, ótimo! Passear seria, sim, a melhor opção. Já para tutores que trabalham e não possuem muito tempo, o tapetinho ou o jornal acabam fazendo uma boa função também”, considera o veterinário.

Portanto, na hora de decidir entre tapete higiênico, jornais ou passeio, a dica é: adaptação tanto à rotina da casa e da família, quanto ao espaço disponívelpara isso. No caso das fraldinhas ou folhas, é importante considerar onde serão colocadas, especialmente no início da adaptação.

Durante o processo de adaptação, o filhote pode fazer xixi no lugar errado (Crédito: Shutterstock)

“Assim que introduzimos o tapete ou jornal, o ideal é que tenham vários lugares disponíveis, ainda mais no caso de filhotes, pois eles possuem metabolismo muito rápido e fazem a todo momento suas necessidades. Além disso, facilita para o pet a perceber onde deve procurar seu cheiro. Assim que ele reconhecer isso, podemos ir diminuindo as opções e deixar apenas um cantinho, de preferência, arejado”, orienta Ricardo.

Combine duas opções

Vale lembrar que, mesmo escolhendo o passeio, é importante ter uma segunda opção em casa. Ou seja, ainda que o tutor leve o bichinho para passear na frequência indicada, isso não exclui a necessidade de manter um jornal ou fraldinha em casa para momentos de necessidade.

“Às vezes, surgem imprevistos  que não nos permitem chegar ou sair de casa na hora do passeio. Por isso, o cão acostumado a passear para fazer as necessidades, precisa ter essa segunda opção para não ficar se segurando, pois, de modo prolongado, isso traz muitos prejuízos à saúde do animal”, destaca o profissional.

Mesmo passeando, fraldinhas ou jornais devem ser mantidos em casa (Crédito: Shutterstock)

Meu cachorro comeu o tapete higiênico! E agora?

Essa situação pode ser até mesmo desesperadora pelo medo de o material ingerido fazer mal ao pet. Mas, antes de pensar em trocar a opção, vale fazer algumas considerações. No caso dos filhotes, por exemplo, eles demoram para poder sair de casa por causa da vacinação, então, acumulam muita energia e acabam gastando-a com essas artes.

“Muitas vezes esse problema está ligado também à ansiedade. O que podemos fazer é ajudar esse bichinho a gastar sua energia de outras maneiras, seja brincando com ele ou comprando brinquedinhos interativos”, aconselha o médico. 

Fonte: Ricardo Garcia, médico-veterinário da clínica PigoVet, em São José dos Campos (SP). 

Mais notícias como essa

Horóscopo

Querendo saber de TUDO que os próximos sete dias prometem? Descubra agora, no Horóscopo Semanal do João Bidu

Beleza

O batom vermelho é um dos que ficam mais aparentes quando você borra na hora de passar, mas tem como usar ele sem esse...

Estilo de Vida

Alguns salmos poderosos podem te ajudar a ter mais dinheiro e prosperidade na vida; conheça alguns e ponha as orações em prática

Beleza

Algumas maquiagens podem ficar ruins antes mesmo da data de validade; descubra como saber se a make já está estragada