Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Saiba o que fazer quando o cão fizer aquele olhar de pet "pidão"
Saiba o que fazer quando o cão fizer aquele olhar de pet "pidão" - Shutterstock

Pets

Pet pidão? Saiba o que fazer quando o bichinho pede a sua comida

Especialista explica o que tutores devem fazer para que o pet se comporte na hora da refeição e não fique com aquela cara de “pidão”

Quem possui animal de estimação já deve ter se deparado com aquele momento em que o bichinho fica observando enquanto você ingere um alimento. O olhar do pet “pidão” costuma ser tão fixo que causa um momento de fofura junto com o incômodo de saber que não se deve dar esse tipo de comida para o bichinho.

Segundo a médica-veterinária Alessandra Ventura da Silva, é o cheiro e a mastigação que causa esse comportamento nos pets. Como o ato de mastigar desperta a curiosidade nos animais, eles ficam ainda mais “pidões” ao perceber que o seu tutor pode acabar cedendo e lhe dando o que ele quer.

Para evitar que isso ocorra, é importante desviar o olhar, não falar com o bichinho e seguir a alimentação de forma natural. “Precisamos lembrar que é para a saúde do pet que negamos alimentos na hora de nossas refeições. Afinal, eles são alimentos inapropriados ou com excesso de calorias, que podem ocasionar diversos problemas de saúde”, frisa a professora de Medicina Veterinária do Cesuca. 

Existem raças mais “pidonas”

A especialista diz que o hábito de pedir alimentos não é exclusivo de uma raça. Porém, há algumas mais glutonas, que sempre querem comer, como o Golden Retrievers, Labradores e Buldogues Ingleses. Então se você tem um cão de alguma dessas raças, é ainda mais importante acostumá-los sem comidas inapropriadas para animais, viu?

Negar comida pode prejudicar o animal?

Mesmo com todas essas questões, há quem acredite que negar um pedaço de alimento para o pet “pidão” pode deixá-lo doente. Todavia, o mais provável é que ele adoeça se o tutor oferecer. “Alguns alimentos são ruins para os animais, como a cebola, que aparece comumente no tempero das nossas refeições. Outro exemplo são os alimentos com excesso de sal ou outros também tóxicos”, acrescenta.

Por fim, Alessandra ressalta que mudar o hábito de oferecer alimentação em excesso e que não é recomendada para animais é extremamente importante para a obesidade em pets.

Mais notícias como essa

Moda

Você já pensou nos seus looks de inverno para esse ano? Confira opções de peças para apostar e deixe suas produções ainda mais estilosas

Receitas

Algumas dicas podem te ajudar a facilitar as compras de supermercado e não passar horas do seu dia nessa tarefa

Receitas

Higienização correta dos alimentos é primordial para evitar a intoxicação alimentar e garantir a saúde e o bem-estar

Saúde

Saiba quanto tempo antes de dormir você deve parar de beber café e qual é a quantidade máxima de cafeína recomendada para não perder...