Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Para viajar com pets, é necessário seguir algumas recomendações
Para viajar com pets, é necessário seguir algumas recomendações - Foto: Shutterstock

Pets

Viajar com pets: confira dicas para a viagem ser segura

Em época de eleição, alguns tutores devem retornar à cidade natal para votar e levar seus pets junto; saiba como fazer uma viagem tranquila

Viajar com os pets é uma delícia! Afinal, você vai ter o seu melhor amigo como companhia na viagem e, juntos, vão conhecer lugares novos, descansar e se divertir. No entanto, nem só nas férias se viaja, não é mesmo? Agora, em período eleitoral, muitos tutores devem retornar às cidades natais para votar e os animais, claro, vão também. 

Por isso, vale conferir algumas dicas antes de fazer as malas, viu? Assim, você prepara uma viagem tranquila e, principalmente, segura para o seu pet. Que tal anotar alguns cuidados que valem tanto para carro, quanto para avião?

Alimentação

Sabe quando estamos muito tempo na estrada e bate aquele enjoo? Isso também pode acontecer com os animais! Portanto, a dica é alimentá-los apenas quatro horas antes do embarque. Depois disso, o ideal é não comer. Mas chegando ao local, já ofereça alimentação, ok? 

Xixi e cocô também viajam

Pois é… Mesmo na viagem, o bichinho vai precisar fazer suas necessidades! Então, não tem jeito: é preciso ficar de olho. Porém, para facilitar, vale apostar em fazer algumas paradas, caso o percurso seja feito de carro, ou, então, forrar a caixa de transporte ou assento com tapetes higiênicos. Lembre-se também de ter um saco plástico à mão para recolher o cocô. 

Documentação para viajar com pets

Pensou que só os humanos tinham documentação? Não mesmo! Alguns estabelecimentos pet friendly podem exigir um documento do animal, por isso, inclua na bagagem o RGA (Registro Geral do Animal), que você pode solicitar na prefeitura da cidade onde mora, caso o serviço esteja disponível, e também a carteirinha de vacinação — importante para mostrar que o pet está protegido das principais doenças. 

No avião, os cuidados são maiores

Antes do seu amigão decolar, que tal checar algumas regrinhas da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR)? Isso inclui levar um atestado sanitário emitido pelo médico-veterinário, a passagem do animal e a caixa de transporte (obrigatória em qualquer compartimento do avião). 

Agora, com essas dicas, está tudo certo para viajar! Ah! Lembre-se também de manter a calma, viu? Afinal, seu pet pode ficar um pouco estressado com toda essa movimentação e precisará de acolhimento e compreensão. Boa viagem!

Fonte: Lucas Zagatto, médico-veterinário da clínica Pigovet.

Mais notícias como essa

Entretenimento

Vai ficar em casa no Dia dos Namorados para fazer uma programação mais aconchegante? Use esses filmes e aproveite bem o dia!

Receitas

Um bom vinho é ideal para celebrar o Dia dos Namorados com o seu amor; confira dicas para acertar na escolha!

Comportamento

O uso excessivo de telas prejudica a socialização e a comunicação, além de causar mudanças de humor, atrasos cognitivos e distúrbios no aprendizado

Beleza

Confira os principais cuidados para manter a pele protegida e hidratada durante as festas juninas