Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Alimento ajuda a combater dores musculares, melhora a digestão, previne o câncer e elimina toxinas do organismo
Entenda os benefícios da couve para a saúde - Foto: Shutterstock

Receitas

Couve: confira 6 benefícios da hortaliça para a saúde

Alimento ajuda a combater dores musculares, melhora a digestão, previne o câncer e elimina toxinas do organismo

A couve é uma hortaliça de cor verde escura que promove vários benefícios para a saúde. Ela é integrante do grupo das brássicas, que também fazem parte outros vegetais como brócolis, couve-flor, nabo e repolho. 

Segundo a nutricionista clínica e funcional Gisela Savioli, a couve é rica em nutrientes e antioxidantes que atuam na prevenção de diversas doenças. Abaixo, a especialista elencou seis grandes vantagens de incluir a hortaliça na alimentação.

Principais benefícios da couve

1. Analgésico natural

A couve é rica em magnésio, mineral essencial para a circulação do sangue, contração e relaxamento dos músculos e, por isso, um dos mais potentes anti-inflamatórios e analgésicos naturais que existem.

“Se você vive com dores pelo corpo, sente muita tensão muscular e dificuldade para relaxar, a palavra de ordem é: aumente o consumo de couve. Inclua ela em seu cardápio diariamente”, diz Gisela.

2. Ajuda no funcionamento do intestino

A couve possui alto teor de fibras, tanto solúveis quanto insolúveis. Por isso, ela é um excelente regulador do trânsito intestinal, ajudando o intestino a funcionar com regularidade. 

3. Anti-inflamatório natural

A hortaliça é fonte de substâncias que combatem a inflamação, afirma a especialista. “Os carotenóides, os glicosinolatos e polifenóis presentes na couve formam um combo incrível para reduzir a inflamação, considerada hoje a origem das doenças crônicas que mais matam e incapacitam no planeta”. 

4. Antirrefluxo e gastrite

A couve possui efeitos gastroprotetor, que ajudam a estimular a produção de muco e melhorar o pH do estômago. Dessa forma, os sintomas de refluxo e queimação são aliviados ao consumir este alimento.

5. Anticâncer

O consumo da couve e de outros alimentos da família das brássicas rendem ao corpo uma substância chamada Indol-3-Carbinol (I3C), produzida a partir da mastigação desses alimentos. “O indol 3-carbinol age como um agente quimioprotetor, evitando a proliferação de células cancerígenas”, explica a nutricionista.

6. Estimuladora do detox

Por fim, não é atoa que a couve é a queridinha dos sucos detox. Ela contém fitoquímicos e nutrientes que estimulam a detoxificação dos químicos tóxicos do corpo.

Qual a melhor forma de consumir a couve?

De acordo com Savioli, o ideal é darmos preferência para seu consumo cru, seja em sucos ou salada, pois alguns de seus compostos são sensíveis ao calor. “Consuma a folha inteira, não descarte os talinhos! Eles são ricos em nutrientes”, pontua.

A profissional orienta comprar, sempre que possível, a couve orgânica, para evitar a exposição do organismo aos agrotóxicos. Ela diz que a hortaliça pode ser facilmente cultivada em casa, em vasos, pois não possui raízes muito profundas.

Atenção ao desperdício!

Quando a couve ficar amarelada não significa que está imprópria ao consumo, pelo contrário. “O verde da folha é por conta da riqueza em clorofila, mas o processo de ficar amarelo se dá por conta da couve também ser riquíssima em carotenoides, como a luteína e β-caroteno, que são precursores de vitamina A”, explica Gisela.

Essas substâncias são as responsáveis por proporcionar coloração amarelada nos vegetais e neste caso, elas agregam mais antioxidantes e até proteção extra para a saúde cardiovascular, circulação e também saúde oftalmológica.

Mais notícias como essa

Beleza

Especialistas listam as cores de cabelo em alta e revelam dicas para manter a saúde e vivacidade dos fios

Saúde

Além de problemas emocionais, o desejo excessivo por doces pode sinalizar desequilíbrios no funcionamento do organismo

Saúde

Especialista alerta sobre as doenças inflamatórias intestinais e a importância do diagnóstico precoce

Pets

Entenda como os gatos se comunicam com você e com outros pets mesmo sem usarem palavras, apenas com sons e a linguagem corporal