Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Conheça os diferentes tipos de pimenta
Conheça os diferentes tipos de pimenta - Shutterstock

Receitas

Tipos de pimenta: conheça os mais comuns no Brasil e suas características

São vários os tipos de pimenta que você pode adicionar às suas receitas; descubra as peculiaridades de cada uma para escolher melhor

Você adora uma pimentinha para dar aquele toque especial nos alimentos? Se sim, já deve ter notado que há uma grande variedade delas à disposição no supermercado. Dedo-de-moça, malagueta, caiena, biquinho, jalapeño… são várias as pimentas que você pode usar nas suas receitas ou para temperar pratos prontos.

No geral, todas elas são bastante benéficas para o organismo, além de saborosas. As pimentas trazem vantagens como alívio de inflamações, liberação de endorfina no organismo, causando sensação de bem-estar, bom funcionamento da digestão e a presença de vitaminas A, B1, B2 e K.

Mas, então, como escolher o melhor tipo de pimenta para cada momento? Basicamente, você precisa conhecer as características de cada uma. E, para te ajudar, separamos algumas informações valiosas nesse sentido a seguir:

Tipos de pimenta mais comuns no Brasil

Os principais tipos de pimenta usados no Brasil e suas características são:

  • Pimenta dedo-de-moça: de origem brasileira, essa pimenta tem sabor e aroma mais suaves se comparada com outros tipos e esse é o motivo principal para tamanho sucesso. Seu consumo e seu uso podem ocorrer de diversas formas, desde molhos até em sobremesas. Ela contém vitamina A e C, sendo um ótimo antioxidante
  • Pimenta biquinho: também se destaca por ser menos ardente, além de menor. Muitas vezes é usada como decoração em pratos ou servida como aperitivo e, em certos casos, mesmo quem não curte sabores picantes gosta dela, já que seu gosto não é tão acentuado.
  • Pimenta jalapeño: com sabor característico e originária do México, a pimenta japaleño é colhida ainda verde e pode ser usada em recheios, molhos, receitas com carne ou consumida cruas. Se estiver fresca, é possível adicioná-la como tempero para saladas, principalmente as que tiverem tomate, já que a combinação entre os ingredientes tem um sabor único
  • Pimenta malagueta: essa já tem um nível de ardência bem alto e, por isso, é preciso atenção com sua quantidade. Fica agradável em temperos, molhos ou conservas.
  • Pimenta caiena: conhecida por ser medicinal, ela traz vários benefícios para a saúde, já que é rica nas vitaminas A e C. Acelera o metabolismo, auxilia na má circulação do sangue e estimula a digestão, entre outros vários benefícios. É mais comum em peixes, carnes bovinas e frango, além de sopas, caldos e até sucos
  • Pimenta-do-reino: a pimenta-do-reino tem origem asiática, mas é popular em todo o mundo. Aparece bastante em receitas de carnes, saladas de verduras, ovos e legumes.

Fonte: Guia da Cozinha

Mais notícias como essa

Receitas

Colocar alguns alimentos no micro-ondas pode não ser adequado ou mesmo se mostrar perigoso; saiba quais não devem ir no eletrodoméstico

Estilo de Vida

A prática de exercícios físicos durante a menstruação pode trazer benefícios para o bem-estar físico e emocional

Receitas

Alimentos termogênicos aumentam a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e promovendo a queima de gordura

Pets

Saiba como se preparar para garantir a segurança e o bem-estar do seu animal de estimação durante a viagem