Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Uma horta é casa com PANCs é uma ótima forma de vencer aquele problema da falta de variedade na dieta
Uma horta é casa com PANCs é uma ótima forma de vencer aquele problema da falta de variedade na dieta - Shutterstock

Receitas

Varie o seu cardápio com uma horta caseira de PANCs

As PANCs (plantas alimentícias não convencionais), são incomuns nos supermercados, mas com essas dicas você pode ter elas em casa mesmo

Ainda que você tenha uma alimentação exemplar, é improvável que, ao listar os vegetais que consome na sua rotina, o número passe de trinta, não é mesmo? Mesmo buscando a diversidade que uma dieta saudável requer, geralmente ficamos só nas opções mais conhecidas.

Como, então, variar o cardápio? A resposta é apostar em algumas espécies de plantas que podem não ser tão conhecidas ou até não parecer comestíveis à primeira vista, mas são ótimas para uma dieta mais variada.

Elas são as chamadas PANCs, plantas alimentícias não convencionais, que não costumam ser vendidas em supermercados, mas guardam em si um universo de possibilidades e sabores. Cultivar PANCs em uma horta em casa, já que elas não aparecem com frequência nos supermercados, é uma forma de levar mais variedade à mesa, além de decorar o jardim.

Com alto teor nutritivo, espécies desta categoria costumam ter crescimento espontâneo, de forma que não requerem grandes esforços de cultivo, além de terem boa capacidade de adaptação a diferentes ambientes. Também não é necessário dispor de muito espaço – é possível utilizar vasos ou uma pequena porção de terra.

Ou seja, é mais fácil do que parece ter uma horta de PANCs. Porém, ainda assim é bom saber algumas dicas importantes. Veja 5 delas a seguir:

1 – Atenção com a compra das sementes e mudas

Como essas plantas não são frequentemente consumidas, muitos de seus exemplares vendidos em floriculturas e agropecuárias contém produtos químicos para conservação, não indicados para o consumo. Por isso, sempre dê preferência a opções orgânicas, que não oferecem riscos.

2 – Pense nos tipos de PANCs

É importante escolher as variedades que você quer ter em casa, já que existem diversos tipos de PANCs.

O amor-perfeito é um deles, e sua flor é uma linda guarnição para doces e saladas. Outra PANC é a capuchinha, que tem flores, frutos e sementes comestíveis, além de ser rica em vitamina C e minerais.

Mais conhecida como arbusto, a flor do hibisco também pode é boa para chás e saladas. As flores da violeta perfumada, por sua vez, podem ser utilizadas na preparação ou na ornamentação de doces, como sorvetes e tortas, cruas ou cristalizadas.

E essas são apenas algumas opções, viu? Sempre pesquise antes para saber quais tipos de PANCs são melhores para as suas necessidades.

3 – Escolha o local correto

Na hora de plantar, dê preferência a locais que recebam muita luz natural e que tenham proteção contra o vento, como uma varanda, área de serviço ou mesmo cozinha. Pesquise também sobre as necessidades específicas das variedades que escolher.

4 – Tenha em mãos as ferramentas necessárias

Seja para mudas ou sementes, em vasos ou no chão, será necessária uma pequena pá para cavar. Conte ainda com um ancinho ou garfo para ajeitar e mexer a terra. Uma tesoura de poda também é uma boa pedida para tirar galhinhos e folhas secas.

5 – Não se esqueça dos outros cuidados durante a após o plantio

Utilize terra fértil e outros substratos, como casca de árvores ou palhas secas, que ajudam a manter o solo saudável e a umidade na medida certa. Não esqueça de regar bem as mudas, principalmente nos primeiros dias após o plantio.

Mais notícias como essa

Comportamento

No inverno, dá muita vontade de passar o dia inventando coisas divertidas em casa mesmo, né? Veja opções para fazer na estação

Receitas

Cada um dos tipos de banana pode ser melhor para determinados usos ou dependendo do seu gosto; confira as características dos mais comuns

Saúde

Sensação de cansaço excessivo na menopausa é um sintoma comum, mas que exige atenção em alguns casos

Beleza

A leitura e compreensão das informações que constam nas embalagens é fundamental para evitar problemas durante o uso de produtos cosméticos