Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
O aparelho ortodôntico tradicional é o mais usado em tratamentos odontológicos
O aparelho ortodôntico tradicional é o mais usado em tratamentos odontológicos - Foto: Shutterstock

Saúde

Aparelho ortodôntico: veja 7 opções e encontre o melhor para você

Conheça os principais tipos de aparelho ortodôntico e saiba qual é recomendado para cada tratamento odontológico

Você já ouviu falar que a “saúde começa pela boca”? A higiene bucal é um ponto importante para a prevenção do mau hálito e outros problemas bucais e dentários que podem repercutir na saúde do organismo como um todo, principalmente quando os dentes estão tortos. Um exemplo disso é a mordida cruzada, que a longo prazo, pode gerar uma série de efeitos negativos para o portador, como dores na mandíbula e enxaqueca. Em casos como este, recomenda-se o uso de um aparelho ortodôntico para corrigir os dentes.  

Atualmente, existem diversos modelos, que variam entre tamanhos e cores diferentes, mas todos com a mesma função: corrigir ou prevenir disfunções na arcada dentária. De acordo com o odontólogo, Edmilson Pelarigo, o tipo de aparelho ortodôntico adotado no tratamento pode variar conforme as particularidades de cada caso. Abaixo, você confere os seis tipos de aparelho dentários mais utilizados nos consultórios.

 1. Aparelho tradicional  

Este é o tipo de aparelho mais conhecido e utilizado pelos pacientes. As bandas são fixadas nos molares por um cimento especial, e os tubos são soldados às bandas. Juntos, as bandas e tubos têm a função de sustentação dos fios e braquetes para a movimentação dentária.

Isso garante movimentos precisos dos dentes, mas exige um cuidado maior na higienização para evitar o acúmulo de bactérias. Além disso, o modelo precisa de manutenção periódica, pelo menos uma vez ao mês.   

2. Aparelho fixo estético 

É uma ótima opção para quem quer algo mais discreto. O modelo tem a mesma função e desempenho do aparelho fixo tradicional, porém não tem a aparência metálica devido aos braquetes serem de cor próxima às dos dentes.

A única restrição para o uso é de que se evite o consumo de alimentos pigmentados, pois os pigmentos podem se depositar sobre os braquetes e manchá-los. 

O aparelho fixo estético é feito em um material mais discreto
O aparelho fixo estético é feito em um material mais discreto – Foto: Shutterstock

3. Aparelho autoligado   

Tem a mesma função que o modelo tradicional e estético, mas os braquetes são menores, com formas mais arredondadas e eliminam o uso das borrachinhas (ligaduras elásticas) ao redor dos braquetes.

Entre as vantagens, o paciente tem um tratamento mais rápido e sente menos desconforto, diminuindo os machucados nas bochechas e lábios. Também reduz o risco de cáries, gengivite e mau hálito.   

4. Aparelho móveis   

Os aparelhos móveis são muito eficazes para crianças, por elas ainda estarem em fase de crescimento. Por ser um aparelho ortodôntico removível, o modelo pode ser encaixado e retirado dos dentes de acordo com a vontade do paciente. 

Contudo, para que o tratamento dê certo é necessário que ele colabore durante todo processo. O modelo também é indicado após a retirada do aparelho fixo, na fase de contenção, para evitar que os dentes entortem novamente.    

5. Aparelho extrabucal  

Conhecido popularmente como “freio de  burro”, o modelo é indicado para casos bem específicos. Para movimentar os dentes e ossos maxilares, o dentista irá direcioná-los na forma correta, indo das regiões cervicais (pescoço), occipital (região na altura das orelhas, altura média da face) ou parietal (alto da cabeça). Assim como os outros aparelhos, o sucesso do tratamento depende muito da colaboração do paciente.  

6. Expansor palatino  

É utilizado para uma função muito específica: quando há a necessidade de aumentar a largura do palato (céu da boca) para corrigir a mordida dos dentes posteriores. Sua eficiência é maior em pacientes que ainda estão em fase de crescimento. No caso dos adultos, no entanto, o alargamento do céu da boca é feito cirurgicamente.    

7. Alinhador invisível 

O modelo tem a mesma função do aparelho fixo, porém pode ser removido, oferecendo mais conforto ao paciente que pode retirá-lo durante as refeições ou para fazer a limpeza. Além disso, ele tem a vantagem de não aparecer no sorriso, pois é quase invisível.  

Na dúvida, consulte um dentista

Os aparelhos ortodônticos são peças que ajudam as pessoas a terem dentes mais bonitos e saudáveis. Entretanto, cabe ressaltar que somente médicos cirurgiões-dentistas devidamente habilitados podem diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. Por isso, se você tem dúvidas se precisa utilizar um aparelho ortodôntico, procure um dentista

Fonte: Edmilson Pelarigo, odontólogo e diretor clínico da OrthoDontic.

Mais notícias como essa

Casa & Decor

Às vezes, mesmo com a faxina frequente, você pode estar cometendo outros erros que atraem a poeira para o seu lar

Receitas

Super saudável, a ora-pro-nóbis pode aparecer em chás e várias outras receitas; aprenda como consumir e absorver seus benefícios

Saúde

Endometriose é responsável por cerca de 30 a 50 % da infertilidade feminina; especialista explica os tipos de tratamento

Receitas

Com essas dicas, você vai saber como fazer um brigadeiro ainda mais delicioso, praticamente uma versão gourmet do doce