Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Atividade é importante na preparação do corpo para o parto e nos cuidados após o nascimento do bebê
Fisioterapia pélvica auxilia na recuperação após o parto - Foto: Shutterstock

Saúde

Bem-estar materno: benefícios da fisioterapia pélvica na gestação

Atividade é importante na preparação do corpo para o parto e nos cuidados após o nascimento do bebê

A gestação é um período de mudanças significativas no corpo da mulher, e a fisioterapia pélvica tornou-se uma ferramenta essencial para auxiliar as gestantes na preparação para o parto e no processo de recuperação pós-parto. 

Além disso, a fisioterapia pélvica desempenha um papel fundamental no tratamento de problemas comuns desse período, como a diástase abdominal, proporcionando suporte e cuidados específicos durante essa fase da vida da mulher.

“Durante a gestação, o corpo passa por uma série de mudanças biomecânicas e hormonais que podem afetar a postura, a estabilidade pélvica e a função dos músculos do assoalho pélvico. A fisioterapia pélvica pode auxiliar em diferentes momentos e situações relacionadas à gestação”, explica Cibele Santoli, fisioterapeuta especializada em saúde feminina.

Benefícios da fisioterapia pélvica 

Após o parto, o corpo passa por um período de cicatrização e adaptação, e a fisioterapia pélvica pode auxiliar de outras formas, entre elas:

Reabilitar o assoalho pélvico

 A fisioterapia pélvica pode ajudar a fortalecer e reabilitar os músculos do assoalho pélvico após o parto, reduzindo assim o risco de incontinência urinária e prolapsos.

Tratar a diástase abdominal

A diástase abdominal, ou separação dos músculos retos do abdômen, é comum após o parto. Técnicas de reeducação muscular e exercícios específicos podem ajudar a melhorar a função abdominal e reduzir a diástase.

Aliviar a tensão muscular

A fisioterapia pélvica pode ajudar a aliviar a tensão muscular e o desconforto pós-parto, incluindo dor lombar e dor no períneo. 

Exercícios para o parto

Entre as ações desenvolvidas para ajudar as gestantes a se prepararem para o parto normal estão:

  • Fortalecimento do assoalho pélvico: exercícios específicos de fortalecimento do assoalho pélvico podem ajudar a melhorar a estabilidade pélvica e preparar os músculos para o trabalho de parto;
  • Treinamento respiratório: técnicas de respiração e relaxamento ensinadas durante as sessões de fisioterapia pélvica podem ser úteis durante o trabalho de parto para aliviar a dor e promover uma respiração eficaz;
  • Educação postural: orientações sobre postura adequada e técnicas de movimento podem ajudar a aliviar desconfortos musculoesqueléticos comuns durante a gestação e facilitar o parto.

“A gestação e o período pós-parto são momentos únicos na vida de uma mulher, e a fisioterapia pélvica traz um suporte personalizado e cuidados especializados para ajudá-las a atravessar essa fase com conforto e confiança”, finaliza Cibele.

Mais notícias como essa

Saúde

Saiba quanto tempo antes de dormir você deve parar de beber café e qual é a quantidade máxima de cafeína recomendada para não perder...

Receitas

Algumas dicas podem te ajudar a facilitar as compras de supermercado e não passar horas do seu dia nessa tarefa

Beleza

Procedimento proporciona mais sustentação à mama e à prótese de silicone em mamoplastias e mastopexias; especialista explica

Amor e Sexo

Estudo realizado por aplicativo de relacionamento apontou a opinião de homens e mulheres sobre as camisas de time de futebol no date