Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Ar-condicionados e ventiladores ajudam a driblar o calor no verão
Ar-condicionados e ventiladores ajudam a driblar o calor no verão - Foto: Shutterstock

Saúde

Xô, calor! Saiba como se refrescar no verão sem prejudicar a saúde

Veja os principais cuidados com o ar-condicionado e outros equipamentos para conseguir se refrescar no verão com segurança

Quem estava ansioso para a chegada do verão, não precisa mais esperar! A estação mais quente do ano começou nesta quarta-feira, 21 de dezembro, e vai até o dia 20 de março de 2023. Ou seja, teremos três meses de muito sol e calor pela frente, o que aumenta o uso de equipamentos como ar-condicionado, ventilador e umidificador de ar em casa. 

No entanto, é preciso cautela ao utilizá-los, pois, se não forem ajustados da forma correta, podem causar danos à saúde. Por isso, o otorrinolaringologista Cícero Matsuyama listou algumas dicas para usar essas tecnologias com segurança e manter-se saudável durante o verão. Confira:

Ar-condicionado

O ar-condicionado não deve ser usado com uma temperatura muito baixa, conforme orienta o especialista. Para prevenir o choque térmico e se refrescar no verão sem prejudicar a saúde, o ideal é regular o aparelho em torno de 22 °C e abrir um pouco as janelas para evitar o ressecamento do ar e diminuir as chances de proliferação de fungos e bactérias no ambiente.

Além disso, o médico destaca que é importante manter o aparelho sempre limpo. O recomendado, é limpar os dutos com água e sabão uma vez ao mês ou a cada 15 dias, se o local for mais empoeirado. Já o ar-condicionado do carro só deve ser higienizado por profissionais, uma vez que necessita do desmonte das peças. 

Ventilador

De acordo com Matsuyama, o ventilador é mais saudável do que o ar-condicionado, principalmente porque não provoca as mudanças bruscas de temperatura tão nocivas ao corpo. Contudo, o aparelho nunca deve ser direcionado diretamente para as pessoas. O melhor é posicioná-lo em direção a parede ou instalá-lo no teto, ajudando na circulação do ar.

O médico ainda explica que a limpeza do equipamento precisa ser realizada com frequência, e que o cômodo onde ele é utilizado também tem que estar sempre limpo. Caso contrário, o ventilador poderá espalhar toda a sujeira entre as pessoas, causando reações alérgicas e outros problemas respiratórios. 

“Um bom truque para limpar o ambiente é utilizar o vinagre. Muita gente não sabe, mas ele é um dos melhores bactericidas que as pessoas têm em casa, pois modifica o pH do ambiente, matando as bactérias”, acrescenta. 

Umidificador de ar 

Outro aliado nos dias quentes e secos é o umidificador de ar que pode melhorar bastante o bem-estar ao longo do verão. Porém, evite deixá-lo ligado por muito tempo, pois ambientes muito úmidos favorecem o surgimento de fungos.

“Em climas mais brandos, o umidificador pode ficar de 2 a 3 horas ligado. Vale lembrar que a umidade permanece depois que o aparelho é desligado, basta deixar o lugar fechado”, complementa. O especialista aconselha também que o aparelho seja higienizado regularmente, assim como o ar-condicionado e o ventilador. 

Bacia com água funciona?

Para quem não tem algum desses equipamentos em casa, existem soluções caseiras que podem ajudar a refrescar a casa no verão. Entretanto, algumas medidas não são eficientes, como é o caso da bacia com água, que tem uma superfície pequena demais para conseguir umidificar o ar. Nesse caso, deixe uma toalha molhada na cabeceira da cama. Além de ser mais seguro, o método funciona, segundo o médico. 

Fonte: Cícero Matsuyama, otorrinolaringologista.

Mais notícias como essa

Receitas

Alimentos termogênicos aumentam a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e promovendo a queima de gordura

Saúde

Se não forem tratadas adequadamente, as varizes podem causar desconforto e provocar complicações mais graves

Receitas

Além de deliciosa para comer assistindo a um filminho, a pipoca tem vários benefícios e até emagrece, desde que consumida da forma correta

Beleza

Métodos estão cada vez mais avançados para combater inseguranças, mas podem oferecer riscos durante a gravidez