Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Retenção de líquidos: como prevenir os sintomas durante o verão
O inchaço é o principal sintoma da retenção de líquidos - Foto: Shutterstock

Saúde

Veja como prevenir a retenção de líquidos e seus sintomas

Nutricionista explica o que fazer para evitar o inchaço e desconforto nas pernas e pés nos dias mais quentes

O calor do verão provoca incômodos em muitas pessoas, com sensações como dores de cabeça, queda de pressão e cansaço excessivo. Porém, outra questão pouco comentada durante essa estação é a retenção de líquidos no corpo, visível principalmente na forma de inchaço.

A coordenadora de Nutrição e Dietética do São Cristóvão Saúde, Cintya Bassi, afirma que o inchaço nada mais é do que um acúmulo de líquidos entre as células dos tecidos, provocado por edemas em vasos muito finos (capilares), que acabam extravasando fluidos. Segundo a especialista, o problema afeta principalmente as pernas, mãos, a barriga e a região do tornozelo.

“Uma maneira simples de perceber a retenção em seu corpo é no momento de tirar as meias e sapatos, quando fica uma marca deixada pelo elástico ou por detalhes da meia”, comenta ela. Ainda de acordo com a especialista, a falta de movimentação, o estresse e a menstruação estão entre os fatores agravantes.

“Além disso, ao fim de um dia de calor, a nossa circulação fica mais lenta e temos mais dificuldade para absorver a água do organismo”, explica Bassi. Portanto, aos que trabalham sentados, como em escritórios, por exemplo, é preciso movimentar as pernas e fazer pequenos alongamentos, para que o desconforto no final do dia seja menor.

Alimentação também influencia nos inchaços

Ao contrário do que muitos pensam, ingerir líquidos não piora o problema. Conforme explica a nutricionista, beber água é fundamental para prevenir a retenção de líquidos. Para isso, recomenda-se a ingestão de 35 ml de água por cada quilo por dia. “A desidratação é um dos fatores que podem estimular o aparecimento do problema. Por isso, quanto mais água você ingerir, mais toxinas irá eliminar pela urina”, esclarece.

Outro cuidado é com a alimentação, já que alguns alimentos podem aumentar o inchaço. “Ao consumir alimentos ricos em sal, como embutidos, enlatados, queijos amarelos, molho tipo shoyu, ultraprocessados e fast foods, o organismo precisa reter mais água para que seja possível fazer a diluição desse mineral. Então, o corpo não deixa a água ir embora por conta do acúmulo de sal”, revela a especialista.

Por outro lado, alimentos probióticos como os iogurtes, são eficientes contra a retenção de líquidos. Isso porque, os microrganismos vivos tornam a flora intestinal mais saudável, além de ajudarem a absorver melhor os nutrientes e diminuir o inchaço.

Outra opção são frutas com alto poder diurético, que possuem uma boa quantidade de nutrientes que facilitam a eliminação de líquidos. “Melancia, melão, abacaxi e pera são alguns exemplos. Seus nutrientes, potássio, magnésio, vitaminas do complexo B e água, juntos, aumentam o fluxo de urina e ajudam a eliminar toxinas com a renovação de líquidos corporais”, finaliza Bassi.

Mais notícias como essa

Estilo de Vida

Especialista ensina como aplicar a neurociência no seu dia a dia para aumentar a sua disposição e melhorar a sua produtividade

Pets

Médica-veterinária explica como o estilo de vida e a castração, por exemplo, influenciam em quanto tempo vive um gato

Receitas

Nada mais decepcionante do que fazer um bolo e ele murchar, não é mesmo? Descubra como não passar mais por isso

Receitas

Fazer uma tapioca deliciosa como aquelas de café da manhã de hotel é possível; basta saber de alguns truques especiais