Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
O comportamento alimentar envolve também questões emocionais
O comportamento alimentar envolve também questões emocionais - Shutterstock

Saúde

Comportamento alimentar: o que é e como isso influencia na dieta

Muitas das dificuldades encontradas para emagrecer podem estar ligadas ao comportamento alimentar de cada indivíduo; entenda melhor

Você já ouviu falar na expressão “comportamento alimentar”? Isso mesmo! Na teoria, ela representa o conjunto de ações relacionadas a forma que a gente come. Afinal, há muitos motivos por trás da nossa seleção de pratos.

É preciso entender, por exemplo, o que há por trás da escolha de uma barra inteira de chocolate em vez de apenas dois quadradinhos. Ou ainda do porquê escolhermos pedir um delivery no lugar de preparar a sua própria alimentação. 

A grande questão é que o comportamento alimentar influencia principalmente em pessoas que enfrentam o processo de emagrecimento. Fabiana Guimarães, nutricionista especializada em emagrecimento e saúde da mulher, explica que isso pode ter a ver com problemas emocionais de quem está em busca da perda de peso

Muitas vezes o comportamento alimentar vai depender do estado emocional de cada indivíduo. É por isso que é comum encontrar pessoas que comem mais porque estão felizes ou o inverso — comem porque estão tristes e desapontadas.

“O ponto principal é lembrar que o nosso cérebro trabalha por recompensa. É preciso trabalhar e fortalecer mentalmente para que ele consiga viver as situações do dia a dia sem ter a recompensa. Então quando se trabalha o autoconhecimento e as emoções, se consegue melhorar o comportamento alimentar”, explica Fabiana. 

Nesse sentido, a nutricionista explica que é necessário ressignificar os pensamentos e ter mais consciência de quando estes episódios de compulsão acontecem. Desse jeito, é possível chegar ao peso ideal. “Quando temos o emocional mais fortalecido, a execução de emagrecimento acontece de forma mais eficiente e tranquilo”. 

Apesar de a “virada de chave” parecer simples, esse é um assunto que deve ser aprofundado, existem inúmeras causas e porquês disso acontecer. E é por isso que todo o processo de emagrecimento é algo que deve ser acompanhado por especialistas.

Por fim, Fabiana lembra que “a melhor dieta é aquela que o paciente consegue fazer por mais tempo”, então tenha sempre por perto profissionais que entendam qual a melhor estratégia de perda de peso para você de acordo com seu comportamento alimentar. 

Fonte: Fabiana Guimarães, nutricionista funcional e esportiva, com foco em emagrecimento e saúde da mulher.

Mais notícias como essa

Estilo de Vida

Especialista ensina como aplicar a neurociência no seu dia a dia para aumentar a sua disposição e melhorar a sua produtividade

Pets

Médica-veterinária explica como o estilo de vida e a castração, por exemplo, influenciam em quanto tempo vive um gato

Receitas

Nada mais decepcionante do que fazer um bolo e ele murchar, não é mesmo? Descubra como não passar mais por isso

Receitas

Fazer uma tapioca deliciosa como aquelas de café da manhã de hotel é possível; basta saber de alguns truques especiais