Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Congelamento de óvulos oferece às mulheres a opção de preservar sua fertilidade para poder decidir sobre a gravidez no futuro
Saiba como é feito o congelamento de óvulos - Foto: Shutterstock

Saúde

Congelamento de óvulos: entenda como funciona

Procedimento oferece às mulheres a opção de preservar sua fertilidade para poder decidir sobre a gravidez no futuro

O congelamento de óvulos está cada vez mais popular entre as mulheres que preferem postergar a decisão sobre a maternidade. De acordo com dados da Rede Latino-americana de Reprodução Assistida (REDLARA), o procedimento cresceu 64% no Brasil entre 2017 e 2020.

Recentemente, a ex-BBB Juliette revelou que decidiu realizar o processo de congelamento de óvulos devido à liberdade que a técnica proporciona para preservar a fertilidade.

Para entender mais sobre o procedimento, conversamos com o ginecologista e obstetra Dr. Domingos Mantelli que nos explicou detalhes sobre o congelamento de óvulos. Confira!

O que é e como funciona?

O congelamento de óvulos é um procedimento de reprodução assistida em que os óvulos da mulher são captados e congelados para serem utilizados no futuro.

A técnica é feita a partir da administração de hormônios para induzir a ovulação — etapa do ciclo menstrual em que o óvulo é liberado pelo ovário. Esses hormônios geralmente são aplicados durante um período de 10 a 12 dias.

O procedimento é feito sob anestesia e os óvulos são aspirados utilizando uma pequena agulha acoplada a um aparelho de ultrassom. 

Em seguida, eles passam por substâncias chamadas crioprotetoras, que evitam a formação de cristais de gelo durante o congelamento. Assim, os óvulos são congelados a uma temperatura de 196 °C negativos.  

Para quem é indicado?

O congelamento de óvulos é indicado para mulheres que desejam prorrogar a maternidade ou que necessitam de tratamentos em decorrência de problemas de saúde, como o câncer, por exemplo.

O procedimento também é recomendado para mulheres com baixa reserva ovariana e que causa dificuldade para o desenvolvimento de uma gravidez. “Para essas mulheres é indicado esse congelamento para preservar a fertilidade”.

Quanto tempo os óvulos podem ficar congelados?

Não existe um limite de tempo para o armazenamento dos óvulos congelados. Para isso, é necessário que o congelamento dos óvulos seja realizado da maneira correta.

“O óvulo pode ficar congelado por muitos anos, mas não se sabe exatamente ao certo já que existem óvulos congelados há mais de 20 anos. Porém, sabe-se que pode haver uma perda da qualidade quando há o descongelamento deste óvulo”.

Valor e taxa de sucesso

O valor do congelamento de óvulos pode variar de clínica para clínica, mas todo o procedimento costuma custar entre R$ 15 mil e R$ 20 mil, além do valor de manutenção dos óvulos congelados.

Segundo o especialista, a taxa de sucesso do procedimento fica em torno de 40% e 50%, no entanto, ela pode variar de acordo com a idade da mulher no momento que congelou os óvulos.  

Mais notícias como essa

Casa & Decor

Algumas pessoas, especialmente as iniciantes nos cuidados com plantas, têm dificuldade em saber quando elas podem estar morrendo

Beleza

Com o inverno chegando, chegou a hora de montar um nécessaire ideal para a estação, com todos os itens indispensáveis em um clima mais...

Estilo de Vida

Procedimento famoso no TikTok ajuda a relaxar e tratar problemas capilares como caspa e excesso de oleosidade

Receitas

Apesar de ser muito frustrante quando o arroz fica empapado, dá sim para tentar salvá-lo com algumas dicas simples