Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Escolher os calçados corretos para os bloquinhos é muito importante para que a diversão não seja interrompida pelas dores
Escolher os calçados corretos para os bloquinhos é muito importante para que a diversão não seja interrompida pelas dores - Shutterstock

Saúde

Cuidados com os pés: quais calçados não usar para o Carnaval?

Perder a chance de mostrar o seu samba no pé no Carnaval por ter escolhido os calçados errados não dá, né? Veja dicas do que usar

Após dois anos de limitações em razão da pandemia, o Carnaval deste ano promete ser de muita intensidade. Mas, para que a celebração não perca sua típica alegria, é preciso cuidar dos pés, que irão protagonizar as danças das marchinhas.

A questão crucial para que a diversão não vire transtorno é a escolha do calçado, ressalta o presidente da Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé (ABTPé), Luiz Carlos Ribeiro Lara. “Chinelos e sandálias rasteirinhas devem ser evitados. Eles não protegem os pés das irregularidades do solo e não oferecem o amortecimento necessário para diminuir a sobrecarga articular. Então, podem causar dor no calcanhar, tendinite e fraturas por estresse, especialmente para dançar, já que não absorvem impacto”, destaca.

Outro ponto que devemos lembrar é que esse tipo de calçado não protege os pés de objetos cortantes ou perfurantes. “Além disso, no tumulto, alguém pode pisar acidentalmente nos seus pés e, dependendo da pressão exercida na pisada, você corre o risco de ficar com hematomas ou de até perder a unha”, ressalta Luiz.

É recomendável evitar o salto alto, assim como as plataformas. “Esses sapatos podem ocasionar entorses nos tornozelos que, quando não tratadas corretamente, cerca de 40% dos casos evoluem para sintomas crônicos”, diz o especialista.

Outros problemas, como o desenvolvimento de joanetes e calos, também podem surgir com o uso do calçado errado para situações como a do Carnaval. Ou seja, você pode substituir esse tipo de sapato por um tênis com uma boa sustentação.

O médico pontua ainda que, se a sua unha estiver encravada, é importante buscar um profissional especializado para resolver o problema antes da folia, pois uma unha dolorida muda a biomecânica da pisada, o que pode causar dores, lesões e alterações musculoesqueléticas importantes.

Alongamento sempre!

O Carnaval é um momento onde temos que redobrar os cuidados com os pés, principalmente se formos sambar e pular bastante. Mas a atenção com essa parte do corpo deve existir durante todo o ano.

Assim, segundo o presidente da ABTPé, é importante alongar o pé e o tornozelo para fortalecê-los, não só durante a época da folia, mas sempre.

“Os pés são o que nos sustenta, então é importante que eles estejam fortalecidos. Uma maneira de alongar é segurando suavemente o pé e dobrando o tornozelo e o pé para cima e para baixo, segurado por 30 segundos”, orienta o especialista.

Mais notícias como essa

Receitas

Já errou no tempo de cozimento de legumes como brócolis, couve-flor e cenoura? Descubra como acertar daqui pra frente!

Moda

Nesse momento de oscilação entre frio e calor conhecido como meia-estação, é preciso peças que se adaptem bem a diferentes temperaturas

Estilo de Vida

Influenciadora e especialista em Lei da Atração, Nanda Silveira lista as melhores técnicas de manifestação para encontrar sua alma gêmea

Receitas

Com essas dicas, preparar um feijão delicioso e com o caldo na consistência certa vai ficar muito mais fácil