Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Dia Mundial sem Tabaco: confira 7 dicas para largar o cigarro de vez
O cigarro é um fator de risco para diversos problemas de saúde - Foto: Shutterstock

Saúde

Dia Mundial sem Tabaco: confira 7 dicas para largar o cigarro de vez

Acabar com vício em cigarro pode ser um desafio, mas a mudança de alguns hábitos no dia a dia ajudam a controlar abstinência

Nesta quarta-feira, 31 de maio, comemora-se o Dia Mundial sem Tabaco. A data foi criada com o objetivo de conscientizar a população sobre os malefícios do cigarro e as consequências para a saúde pulmonar.

A psicóloga clínica Tatiane Paula explica que o cigarro tem ação direta no sistema nervoso central. Isso porque, a nicotina – princípio ativo do tabaco – causa uma sensação imediata de prazer. Com o uso regular da substância, o fumante desenvolve uma tolerância à ela, fazendo com que precise de quantidades cada vez maiores para se sentir bem. 

Segundo a profissional, a tolerância de consumo é um dos critérios para diagnóstico de dependência química. O comportamento potencializa quadros de ansiedade. “Por se tratar de uma droga estimulante, quando fumada, libera dopamina, cria-se ciclos viciosos de aumentos progressivos de mecanismos de recompensa cerebral fazendo sempre a conexão ao bem-estar imediato”, conta. 

Dicas para largar o cigarro

Largar o cigarro não é uma tarefa fácil, pois, assim como qualquer vício, o dependente está sujeito a enfrentar recaídas. Então, para ajudar aqueles que desejam parar de fumar a dar o primeiro passo, a especialista elencou algumas dicas:

1. Adotar novos hábitos

Pequenas mudanças, como a inclusão de alimentos saudáveis, a prática de exercícios físicos e o consumo de água, podem atuar de forma positiva na diminuição da ansiedade, além de melhorar o funcionamento do organismo.

2. Fazer meditação ou yoga

A adesão de técnicas de relaxamento como a meditação e o yoga podem ser grandes aliadas para ajudar a ter uma rotina mais equilibrada e também a adquirir conhecimento para lidar melhor com o vício.

3. Encontrar substitutos saudáveis

Descobrir novas habilidades é fundamental para contribuir com uma vida sem tabaco. Pintar, ir ao cinema, fazer cursos, adotar um novo hobby… Tudo isso pode ajudar a substituir o cigarro como fonte de prazer e satisfação. 

4. Ter uma rede de apoio

O apoio externo ajuda a prevenir a retomada do consumo do tabaco e também a reforçar o compromisso de deixar o cigarro. Por isso, é importante que o fumante encontre suporte social e familiar durante o processo. 

5. Evitar gatilhos

Outra dica é frequentar ambientes onde é proibido fumar e evitar espaços que tenham pessoas fumando. Isso porque esses locais podem despertar gatilhos que levam a uma recaída. 

6. Procurar apoio profissional

O acompanhamento médico e psicológico são essenciais no enfrentamento ao tabagismo. Por isso, procure um apoio profissional para receber um atendimento adequado, de acordo com o seu caso. 

7. Ter foco e paciência

Parar de fumar leva tempo e exige muita determinação, principalmente durante a fase de abstinência. Esse período dura em média de um até três meses e provoca sintomas como insônia, irritabilidade e dificuldade de concentração. Sendo assim, é importante manter o foco no objetivo para conseguir lidar com esses sinais. 

Mais notícias como essa

Receitas

Rico em vitaminas, minerais e fibras, inhame ajuda a reduzir o colesterol, auxilia no controle das cãibras e melhora a saúde intestinal

Estilo de Vida

Se você tem sentido a falsidade das pessoas ao seu redor te afetando, experimente esses rituais poderosos contra isso

Amor e Sexo

Urinar após o sexo, evitar preservativos com aromas e outras práticas podem ajudar no combate à doenças e desconfortos

Comportamento

Pesquisa realizada por universidade londrina apontou que 63% dos pais nunca falaram sobre morte com os filhos pequenos