Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Quer aderir ao veganismo? Veja essas dicas
Quer aderir ao veganismo? Veja essas dicas - Foto: Shutterstock

Saúde

Dia Mundial do Veganismo: veja dicas para fazer a transição alimentar

Quer aderir ao veganismo, mas acha que vai ser muito difícil? Siga essas dicas para tornar a transição mais simples

É comum encontrar pessoas que se empolguem em aderir ao veganismo, mas que consideram a transição alimentar complicada. A verdade é que mudar os hábitos pode ser difícil no começo, especialmente quando há o costume desde muito cedo a comer carnes, ovos e derivados do leite, por exemplo.

Por outro lado, vale lembrar que o veganismo não engloba apenas a alimentação! Isso porque, nesta filosofia e estilo de vida, qualquer outro produto de origem animal também não deve ser utilizado por questões éticas com os animais.

Agora se o seu desafio principal tem a ver com o consumo de alimentos, saiba que existem dicas que podem te ajudar a fazer essa transição com mais mais facilidade.

Confira quais são a seguir:

Veganismo: começar aos poucos ou de uma vez só?

Uma dúvida muito comum ao decidir pelo veganismo é justamente essa: devo parar de comer produtos de origem animal de uma vez só ou gradativamente? Porém, essa é uma questão muito individual, então não não há uma regra que sirva para todos os casos.

Então se parece complicado para você deixar a carne de lado, você pode ir diminuindo e eliminando o consumo aos poucos. Inclusive, dependendo do caso, essa transição mais lenta é até mesmo a mais recomendada.

“Quem está com uma boa condição de saúde e têm hábitos alimentares saudáveis pode tirar a carne de uma vez.  Porém, para os que possuem uma alimentação defasada, ou seja, que apresenta a falta de alguns nutrientes, é recomendado fazer aos poucos”, explica a nutricionista Alice Cristina Coca.

Familiarização

Um dos motivos de maior dificuldade no início diz respeito a substituição de alimentos de origem animal por opções de pratos veganos. Nesse sentido, a ideia é visitar restaurantes focados nesse tipo de alimentação e prestar atenção nos pratos oferecidos lá. Assim você garante uma variedade de pratos plant-based.

Adicione soja ao cardápio

Ao retirar produtos de origem animal do prato, torna-se necessário adicionar algum outro alimento que contenha os nutrientes perdidos. E uma das melhores opções nesse sentido é a soja. “Além da proteína vegetal encontrada nesses grupos, é essencial inserir soja no plano alimentar, pois tem todos os nutrientes da proteína animal. Dê preferência à soja orgânica, livre de agrotóxicos”, diz Alice.

A soja é uma boa opção para quem quer aderir ao veganismo
A soja é uma boa opção para quem quer aderir ao veganismo – Foto: Shutterstock

Acompanhamento nutricional com especialista

Para que a sua alimentação vegana seja saudável e conte com todos os nutrientes necessários para um bom funcionamento do organismo, é preciso ter acompanhamento profissional. Afinal, ele vai poder indicar o melhor cardápio para o seu caso e até a necessidade de repor certas vitaminas com o uso de suplementos.

“Sem o devido acompanhamento e adaptação, os iniciados na dieta vegana correm o risco de desenvolver doenças devido à falta ou ao excesso de nutrientes. A deficiência de vitamina B9, por exemplo, pode gerar depressão”, explica a nutricionista.

Fonte: Alice Cristina Coca, nutricionista parceira da GetNinjas.

Mais notícias como essa

Horóscopo

Querendo saber de TUDO que os próximos sete dias prometem? Descubra agora, no Horóscopo Semanal do João Bidu

Finanças e Empreendedorismo

Ensinar educação financeira para crianças é um passo fundamental para prepará-las para a vida adulta

Receitas

Está com medo de fazer feijoada demais ou de menos para o almoço em família? Confira dicas para acertar nisso e no sabor do...

Saúde

De acordo com estudos recentes, apenas 4% a 9% das mulheres negras recebem diagnóstico de endometriose