Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Quer aderir ao veganismo? Veja essas dicas
Quer aderir ao veganismo? Veja essas dicas - Foto: Shutterstock

Saúde

Dia Mundial do Veganismo: veja dicas para fazer a transição alimentar

Quer aderir ao veganismo, mas acha que vai ser muito difícil? Siga essas dicas para tornar a transição mais simples

É comum encontrar pessoas que se empolguem em aderir ao veganismo, mas que consideram a transição alimentar complicada. A verdade é que mudar os hábitos pode ser difícil no começo, especialmente quando há o costume desde muito cedo a comer carnes, ovos e derivados do leite, por exemplo.

Por outro lado, vale lembrar que o veganismo não engloba apenas a alimentação! Isso porque, nesta filosofia e estilo de vida, qualquer outro produto de origem animal também não deve ser utilizado por questões éticas com os animais.

Agora se o seu desafio principal tem a ver com o consumo de alimentos, saiba que existem dicas que podem te ajudar a fazer essa transição com mais mais facilidade.

Confira quais são a seguir:

Veganismo: começar aos poucos ou de uma vez só?

Uma dúvida muito comum ao decidir pelo veganismo é justamente essa: devo parar de comer produtos de origem animal de uma vez só ou gradativamente? Porém, essa é uma questão muito individual, então não não há uma regra que sirva para todos os casos.

Então se parece complicado para você deixar a carne de lado, você pode ir diminuindo e eliminando o consumo aos poucos. Inclusive, dependendo do caso, essa transição mais lenta é até mesmo a mais recomendada.

“Quem está com uma boa condição de saúde e têm hábitos alimentares saudáveis pode tirar a carne de uma vez.  Porém, para os que possuem uma alimentação defasada, ou seja, que apresenta a falta de alguns nutrientes, é recomendado fazer aos poucos”, explica a nutricionista Alice Cristina Coca.

Familiarização

Um dos motivos de maior dificuldade no início diz respeito a substituição de alimentos de origem animal por opções de pratos veganos. Nesse sentido, a ideia é visitar restaurantes focados nesse tipo de alimentação e prestar atenção nos pratos oferecidos lá. Assim você garante uma variedade de pratos plant-based.

Adicione soja ao cardápio

Ao retirar produtos de origem animal do prato, torna-se necessário adicionar algum outro alimento que contenha os nutrientes perdidos. E uma das melhores opções nesse sentido é a soja. “Além da proteína vegetal encontrada nesses grupos, é essencial inserir soja no plano alimentar, pois tem todos os nutrientes da proteína animal. Dê preferência à soja orgânica, livre de agrotóxicos”, diz Alice.

A soja é uma boa opção para quem quer aderir ao veganismo
A soja é uma boa opção para quem quer aderir ao veganismo – Foto: Shutterstock

Acompanhamento nutricional com especialista

Para que a sua alimentação vegana seja saudável e conte com todos os nutrientes necessários para um bom funcionamento do organismo, é preciso ter acompanhamento profissional. Afinal, ele vai poder indicar o melhor cardápio para o seu caso e até a necessidade de repor certas vitaminas com o uso de suplementos.

“Sem o devido acompanhamento e adaptação, os iniciados na dieta vegana correm o risco de desenvolver doenças devido à falta ou ao excesso de nutrientes. A deficiência de vitamina B9, por exemplo, pode gerar depressão”, explica a nutricionista.

Fonte: Alice Cristina Coca, nutricionista parceira da GetNinjas.

Mais notícias como essa

Saúde

Tratamentos estéticos para tratar manchas e pintas escuras podem acelerar quadro de câncer de pele

Estilo de Vida

Existem várias dicas que você pode seguir para lidar com o seu karma e equilibrá-lo; descubra quais são elas

Receitas

Apesar de a batata ser vista injustamente como um “alimento que engorda”, ela pode sim ser incorporada em uma dieta saudável

Pets

Veterinária explica as razões que levam a esse comportamento e como ajudar o pet a se sentir confortável em casa