Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Esgotamento mental: conheça os principais sintomas da condição
Saiba como identificar os sinais do esgotamento mental - Foto: Shutterstock

Saúde

Esgotamento mental: conheça os principais sintomas da condição

Saber identificar os sinais do esgotamento mental é importante para procurar ajuda profissional e evitar o seu agravamento

Nos últimos tempos, muito tem se falado sobre os riscos do esgotamento mental. Esse problema é caracterizado por uma sensação de exaustão física e emocional que pode evoluir para doenças mentais graves, como ansiedade, crises de pânico e depressão

Segundo a psicóloga Marilene Kehdi, especialista em atendimento clínico, as causas do esgotamento mental podem variar de acordo com cada caso. Contudo, em grande parte das vezes, ele é resultado da sobrecarga de responsabilidades associada a níveis elevados de estresse.

Dessa forma, o esgotamento mental pode ser consequência do excesso de trabalho, que desencadeia a Síndrome de Burnout, condição que atinge, principalmente, as mulheres, conforme mostram alguns estudos. 

Por isso, saber identificar os sinais que o corpo dá ao atingir o limite do cansaço é importante para buscar ajuda médica. Abaixo, você confere a lista com os principais sintomas:

  • Cansaço físico e mental excessivo, dificuldade para descansar e relaxar. Apatia e desânimo generalizados;
  • Medo, sensação de que está sendo ameaçado por alguma coisa ou de que algo ruim está prestes a acontecer;
  • Desesperança, impressão de que nada vai mudar, de que não há saída, nem perspectiva;
  • Insônia, demorar para dormir, acordar de madrugada sem sono ou ter uma noite agitada;
  • Dificuldade de concentração, cansaço mental, ter dificuldade de manter a coerência de raciocínio;
  • Lapsos de memória, dificuldade de processar e armazenar informações no nível consciente decorrente da saturação mental.
  • Raciocínio lento e dificuldade de manter uma conversação mais longa;
  • Labilidade emocional, ter vontade de chorar sem motivo aparente;
  • Sentimentos de desesperança, ansiedade e angústia;
  • Irritabilidade, nervosismo e perda do controle com mais facilidade,
  • Mudanças de comportamento como comportamentos reativos e defensivos.

Além disso, dor de cabeça, enxaqueca, cansaço, sudorese, palpitação, pressão alta, dores musculares, insônia, crises de asma e distúrbios gastrintestinais são manifestações físicas que podem estar associadas ao transtorno.

Tratamento

O tratamento do esgotamento mental inclui o uso de medicamentos e psicoterapia. Além disso, o especialista pode aconselhar mudanças no estilo de vida para reduzir e controlar o estresse. Assim, além do acompanhamento profissional, o paciente pode adotar o hábito de praticar atividades físicas, consumir alimentos mais saudáveis e dormir melhor para promover o equilíbrio físico e mental.  

Fonte: Marilene Kehdi, psicóloga e especialista em atendimento clínico.

Mais notícias como essa

Saúde

Os gases podem ser causados pela alimentação, outros hábitos ou mesmo doenças; entenda como evitar o problema

Beleza

Especialista fala sobre as apostas de maquiagem para a estação e como aderir a essas tendências

Receitas

Se você ama um frango empanado, precisa conhecer essas dicas para ele ficar saboroso, crocante por fora e macio por dentro

Moda

Brincos, colares e sapatos ajudam a complementar o look e tornar a noiva ainda mais deslumbrante