Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Insônia: entenda o impacto da falta de sono na nossa saúde
A insônia é mais comum nas mulheres - Foto: Shutterstock

Saúde

Insônia: entenda o impacto da falta de sono na nossa saúde

A insônia está relacionada a inúmeros problemas para a saúde física e mental; especialista dá dicas para combatê-la

A insônia é um dos distúrbios do sono mais comuns e afeta 40% dos brasileiros e 45% da população mundial, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). A condição atinge mais as mulheres e está relacionada a inúmeros problemas para a saúde física e mental.

Além de ser um fator de risco para o Alzheimer e outras doenças neurodegenerativas, a insônia provoca cansaço, falta de concentração e diminui o desempenho cognitivo. Além disso, também colabora para a queda da imunidade do corpo.

“É durante o sono que o corpo passa pelo processo restaurador dos tecidos, por exemplo. O metabolismo é regulado e a restauração da energia ocorre nesse período, contribuindo para o bom funcionamento do organismo”, destaca Frederico Lacerda, neurologista e professor do curso de Medicina da Faculdade Pitágoras Eunápolis.

O neurologista explica que a falta de sono provoca uma série de problemas e mudanças no organismo, como lentidão psíquica, fadiga, olheiras e sonolência diurna. “Esse cansaço pode provocar ainda perda de memória de curto prazo, obesidade, envelhecimento precoce, diabetes, ansiedade, hipertensão e falta de apetite, entre outros”, cita o médico. 

Como combater a insônia?

Para combater a insônia e melhorar a qualidade do sono, o especialista recomenda a adoção de alguns hábitos simples no dia a dia. Veja abaixo:

  • Crie um ambiente de sono com pouca luz;
  • Desligue a televisão, celular e computador uma hora antes de dormir;
  • Não beba ou coma alimentos com cafeína à noite;
  • Reduza as atividades com alto nível de estímulos físicos e mentais à noite;
  • Pratique atividades físicas diariamente, preferencialmente, até o início da tarde;
  • Evite cochilos, uso de bebidas alcoólicas e/ou estimulantes;
  • A cama não deve ser usada para “ficar deitado”, estudar, ler, ver TV, jogar. Deite-se apenas quando já estiver com sono;
  • Se não tiver sono, procure atividades entediantes, ler livros chatos à noite seria um bom exemplo, mas leia fora da cama.

Mais notícias como essa

Saúde

Tratamentos estéticos para tratar manchas e pintas escuras podem acelerar quadro de câncer de pele

Estilo de Vida

Existem várias dicas que você pode seguir para lidar com o seu karma e equilibrá-lo; descubra quais são elas

Receitas

Apesar de a batata ser vista injustamente como um “alimento que engorda”, ela pode sim ser incorporada em uma dieta saudável

Pets

Veterinária explica as razões que levam a esse comportamento e como ajudar o pet a se sentir confortável em casa