Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Descubra como melhorar seu intestino preso
Descubra como melhorar seu intestino preso - Shutterstock

Saúde

Intestino preso: nutrólogo revela como melhorar

Alguns alimentos e hábitos podem melhorar ou piorar a situação de quem sofre com intestino preso; entenda quais são eles

O intestino preso, ou a prisão de ventre, é um problema que acomete muitas pessoas. Ela é, basicamente, a dificuldade de evacuar, que pode ocorrer por vários motivos. Não há uma regra exata para saber o que é considerado “pouca evacuação”, porém algo como duas vezes na semana ou menos pode ser um sinal.

Entre as razões para a prisão de ventre, estão uma dieta pobre em fibras, pouca hidratação e sedentarismo. Alguns remédios ou doenças também podem ter papel no intestino preso.

A seguir, o nutrólogo Gabriel F. Coura Bastos lista alguns dos sintomas mais comuns do problema:

  • Diminuição da frequência evacuatória, sendo menos de 3 vezes na semana
  • Mudança no padrão das fezes
  • Fezes em formato arredondado, como se fossem várias bolinhas
  • Fezes ressecadas que podem machucar o ânus, levando a sangramento
  • Necessidade de muito esforço para conseguir evacuar

Mas como acabar com problema do intestino preso? Como já explicado, tanto a alimentação quanto outros fatores podem ser causadores do desconforto. Veja algumas dicas do nutrólogo para melhorar esses hábitos e vencer a prisão de vente:

Alimentos benéficos e maléficos

A alimentação ajuda na formação do bolo fecal, no peristaltismo da musculatura do intestino. Além disso, ela é importante para a composição das bactérias que compõem o intestino e auxiliam na hidratação do bolo fecal. Por isso, quem tem intestino preso precisa tomar tanto cuidado com o que ingere.

Entre os alimentos que devem entrar na dieta de quem sofre com isso, estão:

  • Ricos em fibra (frutas, vegetais, leguminosas, grãos integrais, sementes)
  • Alimentos fermentados (iogurte, kefir)
  • Ricos em magnésio (abacate, espinafre)
  • Azeite de oliva extravirgem

Existem ainda aqueles que precisam ser evitados para que a situação não piore. Alimentos ricos em gordura saturada, com adição de açúcar, fritos, processados, embutidos, com excesso de álcool, com excesso de cafeína ou com baixo teor de fibras são alguns, segundo o nutrólogo do Núcleo M – Centro Médico da Mulher.

Outras orientações

Fora as questões ligadas à alimentação, há outras dicas que você pode seguir para melhorar a prisão de ventre.

“É importante não se distrair no momento que for evacuar, aumentar a ingestão de água e líquidos durante o dia, fazer exercícios regulares, não ignorar a vontade de ir ao banheiro, estabelecer uma rotina para evacuar e realizar massagem abdominal para estimular a contração do intestino”, pontua o especialista.

Mais notícias como essa

Pets

Dar comida demais ou de menos para os cães e gatos pode causar problemas para o bem-estar e a saúde dos animais

Beleza

Dermatologista explica as causas dos cabelos brancos e esclarece mitos e verdades sobre o assunto

Saúde

A adoção do jejum intermitente na rotina alimentar pode trazer efeitos positivos para a saúde

Receitas

Pode deixar de comer pão murcho! Com essas dicas e truques, o alimento vai voltar a ficar delicioso