Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Entenda como ocorre o parto na água
Entenda como ocorre o parto na água - Shutterstock

Saúde

Parto na água: saiba quais são os benefícios para mãe e bebê

Quer saber mais sobre o parto na água? Especialista conta onde, como e por quem esse procedimento tão procurado pode ser feito

Aquela história de que os bebês são trazidos para suas famílias pelas cegonhas pode ser só um mito, mas eles podem vir ao mundo de uma maneira bem diferente: nadando! Isso é possível por meio do parto na água, que é como um parto natural, mas que geralmente acontece em uma banheira ou piscina plástica.

Apesar da popularidade recente, muitas mulheres ainda têm medo de realizar o parto na água. Mas um estudo da Universidade de Michigan, dos Estados Unidos, analisou 397 partos na água e 2.025 em ambientes secos e chegou à conclusão de que eles têm uma segurança muito similar.

Ainda assim, isso não significa que ele não exija certos cuidados. No parto na água, por exemplo, é preciso cuidar para que o bebê não perca temperatura corporal de forma muito rápida e por um longo tempo. Por sua vez, esse tipo de parto possui diversos benefícios e pode ser feito por quase qualquer mulher.

Vantagens do parto na água

Para a grávida, a água morna utilizada no parto na água permite uma melhor irrigação sanguínea e um relaxamento da musculatura pélvica. Também traz alívio das dores das contrações e gera sensação de bem-estar.

Já para o bebê, há uma sensação de bem-estar por conta do parto na água. Isso porque há uma temperatura muito próxima à do corpo da mãe, com maior isolamento de sons.

Além disso, o parto na água ainda permite que o (a) acompanhante da grávida possa entrar na banheira para participar e apoiá-la até o nascimento do bebê.

Qualquer mulher pode ter um parto na água?

É preciso que alguns fatores estejam favoráveis para isso: o posicionamento e vitalidade do bebê, a saúde da mãe, a evolução do trabalho de parto, uma boa proporção do tamanho da cabeça do bebê e da pelve da grávida e o bem-estar físico e emocional da mãe no momento do trabalho do parto.

“A futura mamãe precisa estar emocionalmente bem e segura de que o parto na água é seguro para ela e para o bebê. Ela não poder ter medos sobre esse parto, para que estes medos não prejudiquem o trabalho de parto em si”, revela a Dra. Elis Nogueira, Ginecologista e Obstetra.

Pode ocorrer em qualquer ambiente?

Para o parto na água, assim como para outros tipos de parto, é importante ter uma equipe completa (com enfermeira e/ou doula) e um bom ambiente hospitalar, para o caso de uma urgência durante o trabalho de parto.

Nesse sentido, é preciso que o hospital tenha toda essa infraestrutura necessária, incluindo uma sala de parto com maca obstétrica e banheira, para que esse procedimento possa ocorrer.

Mais notícias como essa

Moda

Confira aqui algumas dicas para incorporar o jeans ao seu visual e criar looks incríveis com diferentes peças!

Casa & Decor

Algumas pessoas, especialmente as iniciantes nos cuidados com plantas, têm dificuldade em saber quando elas podem estar morrendo

Beleza

Com o inverno chegando, chegou a hora de montar um nécessaire ideal para a estação, com todos os itens indispensáveis em um clima mais...

Estilo de Vida

Procedimento famoso no TikTok ajuda a relaxar e tratar problemas capilares como caspa e excesso de oleosidade