Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Especialista destaca alguns problemas de saúde associados à prótese mamária e explica o que fazer para preveni-los
Implante de silicone traz certos riscos à saúde - Foto: Shutterstock

Saúde

Prótese de silicone: conheça as principais complicações pós-implante

Especialista destaca alguns problemas de saúde associados à prótese mamária e explica o que fazer para preveni-los

Autoestima, reconstrução após mastectomia devido a câncer de mama, busca pelo equilíbrio estético e mudanças no corpo causadas pelo passar dos anos são algumas das causas que levam mulheres a colocar próteses de silicone. No entanto, a inserção de implantes mamários pode estar associada a algumas complicações e, por isso, é preciso prestar muita atenção aos sinais.

O cirurgião plástico Dr. Fernando Amato conta que a contratura capsular está entre as complicações mais comuns. Caracterizada por uma cicatrização esférica, com contração da cápsula que envolve a prótese de silicone. Como consequência, a mama fica mais endurecida, muda seu formato, causando dor nos casos mais graves.

Outras complicações 

Ruptura da Prótese – Alteração no formato, perda da consistência, assimetria mamária e dor podem ser alguns dos sinais que apontam para a ruptura da prótese de silicone. Porém, muitas vezes, a paciente não apresenta sintomas ou sinais clínicos.

Doença do Silicone – É um termo genérico, que pode englobar as complicações relacionadas ao implante. Porém, muitos a associam apenas com toxicidade do silicone, que extravasa do implante sem ele estar rompido. Essa situação é chamada de bleeding.

Síndrome Ásia – O implante de silicone serve como gatilho para desenvolver sintomas semelhantes aos das doenças reumatológicas, como dor nas articulações do corpo, cansaço, distúrbios do sono, perda de cabelo, olho e boca secos.

“Os sintomas da contratura capsular podem incluir dor, alteração no formato, sensação de rigidez e alteração da sensibilidade das mamas. Alguns fatores como o tempo de uso do implante e a qualidade do material utilizado podem estar relacionados à contratura capsular”, explica o especialista.

Outros aspectos mais graves são a presença de infecção, complicações pós-operatórias como hematomas, seromas, mastectomia, ruptura do implante e até a radioterapia nos casos de reconstrução mamária pós-câncer de mama.

Tratamento

Uma alternativa para tratar as complicações citadas acima é a cirurgia de explante mamário, nome popularmente utilizado para cirurgia de retirada da prótese de silicone. “Pode ser realizada apenas por questões estéticas, mas tem sido muito procurada por pacientes que apresentam complicações relacionadas ao implante de silicone”, aponta Dr. Amato.

Já o tratamento para a contratura capsular pode incluir medicamentos para aliviar a dor, fisioterapia para ajudar a alongar o tecido cicatricial. Mas, em geral, a conduta final é cirúrgica, removendo o tecido cicatricial, podendo ser feito apenas o explante mamário ou realizada a substituição da prótese de silicone.

Mais notícias como essa

Pets

Médica-veterinária explica como o estilo de vida e a castração, por exemplo, influenciam em quanto tempo vive um gato

Moda

Confira aqui algumas dicas para incorporar o jeans ao seu visual e criar looks incríveis com diferentes peças!

Beleza

Com o inverno chegando, chegou a hora de montar um nécessaire ideal para a estação, com todos os itens indispensáveis em um clima mais...

Casa & Decor

Algumas pessoas, especialmente as iniciantes nos cuidados com plantas, têm dificuldade em saber quando elas podem estar morrendo