Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Saiba se cortar chocolate, vinho e café da dieta faz bem à saúde
Saiba se cortar chocolate, vinho e café da dieta faz bem à saúde - Foto: Shutterstock

Saúde

Saiba se dieta de Gisele Bündchen realmente faz bem à saúde

Recentemente, a modelo brasileira disse que cortou alimentos e bebidas como vinho, café e chocolate da dieta

Além de ser uma das únicas supermodelos da história, Gisele Bündchen também é conhecida por seguir uma dieta bem saudável há anos. Porém, na última semana, ela surpreendeu o público ao contar à Vogue Brasil que cortou alimentos como o vinho, o café e o chocolate de sua alimentação.

Mas será que esse tipo de dieta funciona? É realmente necessário seguir uma alimentação tão restritiva? Para a nutróloga Fernanda Cortez, não necessariamente.

A especialista comenta que todos esses alimentos possuem seus problemas, como o fato de terem alto caráter inflamatório, mas eles também são benéficos. Portanto, isso vai depender das necessidades de cada pessoa.

Por sua vez, a nutróloga recomenda que o ideal é ingerir esses alimentos em pequenas quantidades. Quer entender um pouco mais sobre o vinho, o café e o chocolate, os benefícios de cada um e como consumi-los? Veja a seguir!

Vinho

À Vogue Brasil, Gisele Bündchen disse que costumava gostar de tomar vinho, mas cortou o álcool de sua vida por prejudicar a imunidade. O álcool realmente possui malefícios. Ele pode, por exemplo, dar dor de cabeça, ressaca e exige moderação.

Por outro lado, o vinho tem também várias vantagens para a saúde, como sua ação antioxidante, ajudar no controle da pressão arterial, diminuir o colesterol ruim e melhorar a saúde cardiovascular. Ou seja, não é necessário cortá-lo da dieta.

Por isso, Cortez recomenda não exagerar. O ideal é consumir apenas uma ou duas doses por semana, segundo a nutróloga.

Café

O café é outro que, em exagero, pode causar problemas como ansiedade, taquicardia, tremor, agitação, arritmia, desconforto gastrointestinal, azia, insônia e irritabilidade. Mas a bebida também apresenta benefícios.

“Seu lado positivo é que pode trazer sensações boas, porque ele é um estimulante, tem ação antioxidante, aumenta a concentração e em estudos sobre o café, mostra que pode diminuir doenças crônicas”, diz Fernanda.

Então caso você não abra mão do cafezinho, não se preocupe! Ele pode continuar fazendo parte da sua dieta, desde que apenas uma ou duas vezes por dia e, de preferência, antes das três da tarde.

Chocolate

Por fim, Gisele Bündchen disse que come bem pouco chocolate, e sempre do meio amargo. De acordo com Cortez, essa variação é realmente a melhor opção. “O mais indicado é o 70%, pois tem ação antioxidante, ajuda a estimular a serotonina que é o hormônio da felicidade, trazendo uma sensação de relaxamento, bem-estar e pode ajudar sim a emagrecer, mas em pequena quantidade”, explica.

Já o chocolate ao leite, segundo a nutróloga, pode causar ganho de peso, espinhas, possui alto teor de gordura e de lactose, além de acelerar o envelhecimento. É por essas características que esse é considerado um alimento inflamatório.

Por fim, Fernanda diz que, antes de retirar qualquer um desses alimentos do seu cardápio, é bom buscar ajuda de um especialista para fazer uma avaliação.

Mais notícias como essa

Estilo de Vida

Especialistas falam sobre as causas do transtorno afetivo sazonal e explicam como lidar com esse problema

Beleza

Especialista explica quais são os tipos de base que existem no mercado e como escolher o produto ideal para a sua pele

Comportamento

Atividades garantem a diversão e auxiliam no aprendizado dos pequenos durante esse período em casa

Pets

Especialista explica como o treinamento de filhotes pode ajudá-los a ter uma melhor socialização e um desenvolvimento saudável