Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Salto alto faz mal? Especialista explica os riscos à saúde
Salto alto pode provocar lesões que afetam a coluna - Foto: Shutterstock

Saúde

Salto alto faz mal? Especialista explica os riscos à saúde

Segundo fisioterapeuta, uso constante do salto alto pode causar lesões nos pés e na coluna; saiba como prevenir

O salto alto é uma peça sinônimo de elegância e sofisticação, que deixa qualquer mulher elegante. No entanto, o uso prolongado do acessório além de causar dores nos pés, pode afetar a saúde de diferentes maneiras, alerta o fisioterapeuta Mateus Martínez. 

“O centro de gravidade precisa se manter na base de suporte para ocorrer o equilíbrio postural do indivíduo. Quando esse indivíduo recorre a salto, o centro de gravidade é alterado, gerando desequilíbrio. Na tentativa de compensar o desequilíbrio, a mulher semi flexiona os joelhos, inclina a pelve para trás e aumenta a lordose lombar”, explica o diretor de fisioterapia da Pés Sem Dor.

Segundo a pesquisa “O Salto Alto e a Mulher Brasileira”, realizada pela Pés sem Dor que entrevistou cerca de 1.835 mulheres, entre jovens e idosas de todo o Brasil, 95% das mulheres disseram sentir dores nos pés. 44,8% das mulheres também disseram sofrer com dor na coluna por uso do calçado.

Os desalinhamentos causados pelo salto alto são ainda piores com o tamanho do salto, o tempo de uso e a má distribuição do peso. Os impactos nos pés causam dores constantes e influenciam no surgimento de problemas como joanetes, metatarsalgia e hiperlordose, que afeta diretamente a coluna, entre outros.

Como prevenir esses problemas?

Segundo Martínez, para evitar problemas atrelados ao uso do salto alto, é fundamental evitar utilizá-lo por longos períodos. O especialista afirma que “o modelo de salto plataforma é o mais recomendado para evitar desequilíbrios”. Além disso, as mulheres devem considerar substituir seus saltos altos por modelos mais baixos, menores que 5 cm de salto.

Soluções alternativas como palmilhas sob medida também são úteis para aquelas mulheres que não podem abandonar o acessório. De acordo com o fisioterapeuta, as palmilhas reduzem em 40% ou mais as pressões causadas no antepé, além de trazer conforto e alívio durante o uso do salto alto.

Mais notícias como essa

Horóscopo

Querendo saber de TUDO que os próximos sete dias prometem? Descubra agora, no Horóscopo Semanal do João Bidu

Receitas

Consumir alguns legumes com casca vai facilitar a sua vida e ainda trazer vários benefícios para o seu organismo; veja quais

Beleza

Segundo dermatologista, o cortisol, hormônio causador do estresse, acelera o envelhecimento e agrava doenças de pele

Estilo de Vida

As festas juninas começam, geralmente, a partir do dia 1° de junho, mas existem variações; confira!