Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Veja como os fones de ouvido podem trazer problemas
Veja como os fones de ouvido podem trazer problemas - Shutterstock

Saúde

Usar fones de ouvido pode causar a perda auditiva? Entenda

Os fones de ouvido podem ser prejudiciais para a sua audição se forem utilizados de maneira incorreta; saiba mais

Os fones de ouvido se tornaram um item tão importante no dia a dia que, para alguns, estar sem eles parece até meio estranho. Essa questão se intensificou ainda mais com a pandemia, quando muitos estavam em casa e precisavam participar de reuniões ou aulas online. Porém, mesmo hoje, parece que os fones continuam sempre ali, especialmente na hora de ouvir uma música ou ver uma série, ou filme.

Mas o que poucos param para pensar é que os fones de ouvido são pequenos amplificadores e, por isso, se usados de forma incorreta, podem levar até à perda auditiva, além de outros sintomas, como zumbido, tonturas e pressão nos ouvidos.

Esses sintomas, conforme explica a fonoaudióloga Andréa Brandão, podem estar ligados a várias outras causas, mas essa é uma delas. Isso quer dizer que qualquer uso do fone de ouvido seja tão prejudicial assim? Não exatamente.

“A frequência e forma de uso dos fones podem trazer danos aos ouvidos. O uso de forma excessiva e a intensidade sonora elevada podem gerar consequências graves, inclusive a perda auditiva irreversível”, explica Andréa, que tambem é CTO do grupo Sentire Aparelhos Auditivos.

Nesse sentido, a questão está muito ligada à frequência de uso e ao volume. Um estudo publicado pela revista “BMJ Global Health” mostrou que mais de um bilhão de jovens e adultos do mundo todo estão em risco potencial de perda auditiva temporária ou irreversível por causa de fones de ouvidos em volume elevado.

Vale lembrar que os fones de ouvido também podem causar problemas se estiverem sujos ou forem compartilhados. “Como qualquer outro objeto que for manuseado, os fones podem carregar microrganismos como bactérias e fungos. E eles podem transmitir alguns tipos de otites, por exemplo”, diz a especialista.

Como proteger os ouvidos?

Agora que você sabe de todos esses riscos do uso inadequado e sem restrições dos fones de ouvido, já deve imaginar que há algumas formas de evitar esses problemas, não é mesmo? Diminuir a frequência de uso, recorrendo aos fones apenas quando estritamente necessário, e sempre em um volume adequado, por exemplo, é bem importante.

Limpar os fones de ouvido de vez em quando também é essencial. Porém, é preciso se atentar se há alguma instrução que veio junto com o fone sobre como fazer isso, para não acabar estragando o item.

Além disso, apesar de todos os fones de ouvido serem prejudiciais, Andréa explica que aqueles em formato de concha (headphone) proporcionam maior oclusão. Ou seja, limitam a entrada dos ruídos externos. Com isso, o indivíduo ouve melhor e não precisa elevar o som, o que faz com que esse fone seja um pouco melhor.

Por fim, a profissional ressalta que outros hábitos, como o uso de cotonetes em excesso e de forma inadequada, o uso de medicamentos sem orientação médica e ficar tempo demais ao telefone também são precisam de atenção, pois podem causar problemas no ouvido.

Mais notícias como essa

Saúde

Oftalmologista explica o que é glaucoma, quais são os principais sintomas e como tratar a condição

Beleza

Profissional lista cuidados para manter a saúde e beleza dos cabelos mesmo após procedimentos que podem danificá-los

Finanças e Empreendedorismo

Com o término do prazo para declaração do Imposto de Renda se aproximando, especialista esclarece as dúvidas comuns sobre o assunto

Estilo de Vida

As simpatias para o amor conseguem atrair pretendentes, ajudar o rolo a virar namoro e até fazer aquele alguém especial pensar em você