Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Saiba como gastar menos com o cartão de crédito
Saiba como gastar menos com o cartão de crédito (Crédito: Shutterstock)

Finanças e Empreendedorismo

Como gastar menos com o cartão de crédito? Economistas explicam

Black Friday, Natal e Copa do Mundo devem movimentar o comércio neste fim de ano; saiba como se preparar e gastar menos com as compras

O fim do ano é um período marcado por festas e muitas compras, né? Por isso que, para você gastar menos, e não cair em dívidas, especialistas do setor bancário fazem um alerta importante com relação ao uso do cartão de crédito

O cartão de crédito é a principal causa do endividamento familiar
O cartão de crédito é a principal causa do endividamento familiar (Crédito: Shutterstock)

Isso porque, o cartão tem sido o principal motivo de endividamento de grande parte das famílias brasileiras atualmente. Em pesquisa divulgada em agosto, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) apontou que 85,3% dos lares no país estão com dívidas no cartão de crédito.

No entanto, ainda que datas comemorativas como Natal e Black Friday, repletas de grandes promoções, sejam tentadoras para certos compradores, os economistas afirmam que é possível aproveitar as ofertas sem entrar em dívidas. “O mais importante para não perder o controle do cartão de crédito é se planejar”, dizem. 

Sendo assim, abaixo listamos três dicas dadas pelos especialistas que vão ajudar você a utilizar o seu cartão de crédito com consciência, o que te levará a gastar menos dinheiro com as contas. 

Planeje de acordo com o limite do cartão

Parece uma dica óbvia, mas muitas pessoas não sabem exatamente qual é o limite total de seu cartão e nem o valor disponível para compras. Pensando nisso, o primeiro passo é saber quanto do montante disponível é possível desembolsar para aproveitar as ofertas.

Assim, em vez de deixar que elas definam seu gasto, defina previamente o quanto irá gastar com as promoções. Após cravar o valor, o ideal é ser firme para não entrar em dívidas. São as compras que precisam se encaixar no seu orçamento, e não o contrário. Outra dica importante é deixar uma parte do limite reservado para emergências, de forma que as compras não consumam todo o valor disponível no cartão de crédito.

Acompanhe os preços dos produtos

Sabe aquele produto que você já vem acompanhando as variações de preço há tempos, mas ainda não conseguiu comprar? Datas comerciais, como a Black Friday, existem para que este tipo de compra possa se tornar realidade. 

O ideal é entender quais itens você quer ou precisa comprar e, assim, aguardar uma boa oferta. Evite simplesmente acordar no dia 25 de novembro — data em que acontece a Black Friday — e começar a procurar alguma boa promoção para empenhar o seu dinheiro e, no fim, comprar coisas que não precisa com uma grana que não tem.

Calcule o valor das parcelas sem esquecer dos juros

Às vezes o valor é até atraente, mas na hora de parcelar os juros acabam consumindo toda a margem de desconto que você conseguiu. Portanto, é fundamental ficar atento a esta etapa da compra. Calcule o valor das parcelas e veja se as taxas se encaixam no seu orçamento — e se depois disso o produto ainda continua com um preço atrativo. Muitas vezes é mais vantajoso dividir os valores em menos parcelas para evitar acréscimos de juros muito altos. Faça a conta!

Mais notícias como essa

Estilo de Vida

Se você tem sentido a falsidade das pessoas ao seu redor te afetando, experimente esses rituais poderosos contra isso

Amor e Sexo

Urinar após o sexo, evitar preservativos com aromas e outras práticas podem ajudar no combate à doenças e desconfortos

Beleza

Algumas vitaminas garantem o fortalecimento e o crescimento saudável dos cabelos que sofrem com a queda

Beleza

Exposição excessiva a luz azul pode destruir as fibras de colágeno e acelerar o envelhecimento da pele