Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Definir os gastos mensais, negociar dívidas e estabelecer metas são algumas estratégias que ajudam a equilibrar as despesas e enfrentar a instabilidade financeira
Veja dicas para lidar com a instabilidade financeira - Foto: Shutterstock

Finanças e Empreendedorismo

Instabilidade financeira? Veja como fazer seu dinheiro render

Definir os gastos mensais, negociar dívidas e estabelecer metas são algumas estratégias que ajudam a equilibrar as despesas

A instabilidade financeira é um problema que traz maior insegurança e dificulta o alcance de objetivos, como uma viagem, a compra de um imóvel ou adquirir o diploma. Pensando nisso, o Pravaler, empresa líder no acesso ao ensino superior e em soluções para o ecossistema de educação do Brasil, listou algumas dicas de como fazer seu dinheiro render mais para tornar esses sonhos possíveis. Confira:

Defina as entradas e as saídas

Se você sabe com o que gasta seu dinheiro todo mês, é importante ter isso muito bem definido. Muitas vezes, não são os grandes gastos, mas as pequenas despesas como o cafezinho na padaria, um lanche antes de ir para a faculdade ou a pizza no meio da semana que estouram o orçamento sem a gente perceber. Anotar todos os gastos em uma caderneta ou planilha, além de proporcionar organização, trará uma visão mais detalhada para o gerenciamento da renda. 

Monte seu orçamento mensal

Agora que você sabe para onde vai o seu dinheiro todo mês, é hora de definir seus gastos. Veja quais essenciais e que não podem ser eliminados, como água, luz, telefone, internet, aluguel e transporte e coloque-os na lista de gastos fixos. Depois, considere os outros como lanches, balada, viagens de fim de semana e vestuários  e veja o que pode ser cortado. A meta é economizar para enfrentar a instabilidade financeira.

Defina suas dívidas

Tenha muito bem organizado quais são suas dívidas e a quantia exata de quanto deve. Pague primeiro aquelas em que os juros são maiores e que, no caso de atraso, possa impactar nos gastos mensais. Além disso, considere negociar o valor das dívidas diretamente com os credores, uma vez que eles podem reduzir o montante a ser pago.

Estabeleça metas

Quais são seus objetivos de vida? Talvez a casa própria? Um carro novo? Uma graduação? Um intercâmbio? Não tenha medo de planejar quais serão seus gastos mensais, apenas cuide para que eles estejam de acordo com sua renda a médio ou longo prazo. Estabelecer metas irreais causa apenas frustração.

Tenha foco!

Um dos principais desafios de todo esse processo é justamente o início. Alguns dos itens acima, na prática, podem parecer muito difíceis, e você pode se sentir tentado a desistir inúmeras vezes. Por isso, é importante ter suas metas e objetivos a longo prazo sempre em mente, uma vez que eles o motivarão a seguir determinado e, com a prática, esse processo se tornará cada vez mais simples.

Mais notícias como essa

Estilo de Vida

Influenciadora mística Nanda Silveira explica o que pode atrapalhar a Lei da Atração e dá algumas dicas para você conseguir atrair o que pensa

Beleza

Corte curto e cheio de movimento é tendência entre celebridades; conheça o choppy bob e saiba como utilizar

Saúde

Especialista alerta sobre as doenças inflamatórias intestinais e a importância do diagnóstico precoce

Receitas

Se o seu bolo ficou seco demais, assou mais do que o esperado ou até ficou solado, pode ser possível reaproveitá-lo de alguma forma