Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
A semente de chia é um alimento rico em nutrientes
A semente de chia é um alimento rico em nutrientes (Créditos: Shutterstock)

Saúde

A semente de chia emagrece? Saiba os benefícios desta semente na saúde

O consumo da semente de chia pode trazer uma série de benefícios; especialista explica como esse alimento age no nosso corpo

Ela é minúscula, porém supernutritiva! Estamos falando da semente de chia: alimento que, no passado, era muito consumido pelos povos andinos, mas que hoje faz parte da dieta dos brasileiros. Embora sua fama esteja atrelada ao emagrecimento, os benefícios da chia vão muito além, como conta a nutróloga Fernanda Cortez.

Segundo a especialista, a semente de chia contém um alto teor de nutrientes, dentre eles, ômega 3, fibras, proteínas, cálcio, fósforo e zinco. “Essa gama de componentes faz com que a semente seja conhecida por ser um superalimento”, pontua. 

O grão também é rico em antioxidantes, substância que diminui os efeitos dos radicais livres no organismo, colaborando contra o envelhecimento precoce da pele.

De acordo com Fernanda, ao evitar a ação dos radicais livres, responsáveis por danificar a estrutura de diferentes células do corpo, “os antioxidantes ajudam a prevenir diversas doenças, como hipertensão, artrite, obesidade e até mesmo algumas doenças degenerativas como Parkinson e Alzheimer e alguns tipos de câncer”.

A semente de chia pode ser consumida com frutas
A semente de chia pode ser consumida com frutas (Créditos: Shutterstock)

Já para os diabéticos, o consumo da chia pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue. No entanto, é importante acompanhar a evolução da doença e seguir sempre as orientações do seu médico antes de sair comendo chia por aí, beleza?

Os efeitos da chia no emagrecimento

São muitas as pessoas que consomem as sementes pensando em perder alguns quilos na balança. De fato, a chia é uma grande aliada do emagrecimento, mas a especialista alerta que ela só funciona quando associada a uma dieta saudável e exercícios físicos. Ou seja, mesmo sendo um superalimento, a chia sozinha não faz milagre, viu?

Por ser uma ótima fonte de fibras, o grão proporciona aquela sensação gostosa de saciedade. E isso acontece porque as sementes absorvem a água do organismo e formam um gel que se expande e ocupa espaço no nosso estômago. Isso faz com que a fome volte mais lentamente. 

Contudo, a nutróloga pede para “ter certo cuidado com o consumo das sementes”. Ela lembra que é importante manter-se hidratado ao consumir o grão por conta da formação do gel e aconselha consumir uma porção diária de duas colheres de sopa de chia, divididas em pequenas porções ao longo do dia.

Gostou do conteúdo? Então, confira o vídeo abaixo para saber mais:

Fonte: Fernanda Cortez, médica formada em Ciências Médicas pela Faculdade Santa Marcelina e pós-graduada em Nutrologia pela ABRAN (Associação Brasileira de Nutrologia).

Mais notícias como essa

Entretenimento

Vai ficar em casa no Dia dos Namorados para fazer uma programação mais aconchegante? Use esses filmes e aproveite bem o dia!

Receitas

Um bom vinho é ideal para celebrar o Dia dos Namorados com o seu amor; confira dicas para acertar na escolha!

Comportamento

O uso excessivo de telas prejudica a socialização e a comunicação, além de causar mudanças de humor, atrasos cognitivos e distúrbios no aprendizado

Beleza

Confira os principais cuidados para manter a pele protegida e hidratada durante as festas juninas