Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Terremoto entre Turquia e Síria deixa milhares de mortos
Terremoto entre Turquia e Síria deixa milhares de mortos - Foto: Reprodução / Muhammad Haj Kadour / AFP

Notícias

Terremoto na Turquia: entenda como funciona a escala Richter

O terremoto de magnitude 7,8 graus que atingiu a Turquia nesta segunda-feira (6) é o maior a atingir o país desde 1939

Um fortíssimo terremoto de magnitude 7,8 graus atingiu o sudeste da Turquia e o noroeste da Síria na madrugada desta segunda-feira (6). A tragédia deixou mais de 2.000 mortos e milhares de feridos. 

O abalo ocorreu às 4h17 do fuso local (22h10 no horário de Brasília). O epicentro foi próximo a Gaziantep, cidade turca de aproximadamente dois milhões de habitantes perto da fronteira com a Síria. 

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), principal organização cartográfica do país, o tremor foi tão forte quanto um registrado na região em 1939 e que vitimou mais de 30 mil pessoas.

Na escala Richter, utilizada por sismólogos para avaliar o impacto do tremor, um terremoto de magnitude entre 7 e 7,9 é considerado de grandes proporções, podendo causar danos graves na superfície. São menos de 20 ocorrências do tipo ao ano. 

O que é a Escala Richter?

A escala Richter é um sistema criado pelos americanos Charles Richter e Beno Gutenberg, em 1935, para medir a magnitude dos terremotos com base nas ondas sísmicas que se propagam a partir do local de origem do tremor no subsolo. 

O sistema varia de 0 a 9 e usa logaritmos como base matemática. Isso significa que uma variação de apenas um número na magnitude de um terremoto representa um aumento de dez vezes na amplitude.

Ou seja, um terremoto com magnitude 6,0 libera 10 vezes mais energia do que um terremoto com magnitude 5,0 e 100 vezes mais energia do que um terremoto com magnitude 4,0.

Assim, terremotos com magnitude menor que 2,5 geralmente não são sentidos pelas pessoas. Já os com magnitude entre 5,0 e 5,9 são considerados moderados e podem causar danos significativos às estruturas.

Por outro lado, tremores com magnitude acima de 6,0 costumam ser fortes. Portanto, podem causar danos extensos e destruição em grande escala, como foi o caso do terremoto na Turquia e na Síria. 

Mais notícias como essa

Moda

Nesse momento de oscilação entre frio e calor conhecido como meia-estação, é preciso peças que se adaptem bem a diferentes temperaturas

Estilo de Vida

Influenciadora e especialista em Lei da Atração, Nanda Silveira lista as melhores técnicas de manifestação para encontrar sua alma gêmea

Receitas

Com essas dicas, preparar um feijão delicioso e com o caldo na consistência certa vai ficar muito mais fácil

Astrologia

Saiba qual das fases da lua é a melhor para cada tipo de procedimento, tratamento ou mudança nos cabelos e por quê