Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Celular para idosos: 5 dicas para protegê-los contra golpes virtuais
Idosos são alvo fáceis de fraudes e golpes virtuais - Foto: Shutterstock

Comportamento

Celular para idosos: 5 dicas para protegê-los contra golpes virtuais

Veja como orientar os idosos de como evitar golpes e fraudes financeiros e garantir sua segurança na internet

À medida que a tecnologia avança, os smartphones se tornam parte integrante da vida cotidiana. No entanto, para os idosos, o uso desses dispositivos pode apresentar desafios, especialmente com relação à segurança. 

Os idosos são alvos fáceis para criminosos que costumam aplicar golpes financeiros na internet. Por isso, a especialista em tecnologia Michelle Menhem, elencou dicas valiosas para proteger os idosos contra fraudes e golpes virtuais. Veja abaixo:

Dicas para proteger os idosos contra golpes

1. Escolha o smartphone adequado

A escolha do smartphone certo é o primeiro passo para garantir a segurança dos idosos. De acordo com a especialista, o mais importante na hora da escolha do aparelho correto é observar a real necessidade de cada um deles e do uso do aparelho. 

“Opte por aparelhos com telas e botões maiores, facilitando a visualização e digitação. Além disso, certifique-se de que o telefone tenha uma boa memória de armazenamento e uma câmera eficiente para capturar momentos especiais, já que para isso não existe limite de idade”.

2. Oriente sobre como lidar com ligações

Idosos também podem cair em golpes por meio de chamadas e mensagens. A especialista relata que é importante ensinar o idoso a atender apenas chamadas de números conhecidos e a verificar a origem das mensagens antes de responder. 

Em caso de emergência, oriente-o a confirmar as informações com algum responsável ou fonte segura. “Na maioria das situações os golpistas se aproveitam da inocência e desconhecimento das informações dos mais velhos”, ressalta.

3. Instale os aplicativos essenciais  

A instalação de aplicativos como e-mail, WhatsApp e Facebook pode ser complicada para os idosos. Dessa forma, um responsável pelo idoso deve fazer a instalação e registrar senhas e chaves de segurança. Muitas lojas de aplicativos permitem o cadastramento de um segundo responsável, o que pode ser útil em caso de necessidade.

4. Tenha cuidado ao baixar aplicativos

Ao fazer o download de aplicativos, é fundamental evitar vírus. Incentive o idoso a buscar aplicativos apenas em fontes confiáveis e a manter um antivírus ativado. Verifique a extensão de documentos antes de abri-los, procure por avaliações na internet e garanta que os sites que ele acessa possuem certificado de criptografia. Isso ajuda a evitar golpes e fraudes contra idosos.

5. Proteja os dados em caso de perda ou roubo

Em situações de perda ou roubo do smartphone, ações rápidas são necessárias. Use aplicativos de localização para tentar encontrar o dispositivo e remova remotamente dados pessoais assim que ele estiver online. Informe a operadora para bloquear o número e desativar o chip, e registre um boletim de ocorrência na polícia local.

Além disso, é fundamental que os idosos estejam cientes das dicas gerais de segurança online. Eles devem permanecer vigilantes em relação a solicitações e mensagens suspeitas, compartilhando essas situações com um responsável. “A informação é uma das melhores defesas contra golpes e fraudes online”, conclui Michelle.

Mais notícias como essa

Saúde

Cobertores, casacos e blusas mal higienizadas podem provocar crises de rinite e outras alergias respiratórias

Amor e Sexo

Levantamento realizado pelo aplicativo de relacionamentos happn apontou as regiões do Brasil onde as pessoas dão os melhores beijos

Receitas

Ama um café coado quentinho de manhã? Então descubra como deixá-lo ainda mais perfeito com essas dicas simples

Comportamento

Psicanalista analisa estupro matrimonial exposto no “Casamento às Cegas” e explica os sinais desse tipo de violência dentro do relacionamento