Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Mulheres geralmente menstruam 400 a 500 vezes durante a vida
Mulheres geralmente menstruam 400 a 500 vezes durante a vida - Foto: Shutterstock

Saúde

Menstruação: ciclo regular não é sinônimo de saúde; entenda melhor

Ginecologista explica o impacto dos sintomas que antecedem a menstruação na vida das mulheres e faz alerta para doenças

Inchaço, cansaço, dor nas pernas, irritabilidade e cólica são alguns dos sintomas que acompanham a mulher no período que antecede a menstruação. Porém eles também podem ser indicativos para alterações no organismo, sabia? Principalmente se surgirem em sua forma mais intensa

De acordo com a Dra. Márcia Mendonça Carneiro, médica ginecologista e professora da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a famosa TPM — ou tensão pré-menstrual — afeta de 40% a 80% das mulheres, podendo variar de sintomas leves a graves. No entanto, apenas 3% a 10% delas desenvolvem a forma mais grave.

Os sintomas da menstruação podem comprometer a qualidade de vida
Os sintomas da menstruação podem comprometer a qualidade de vida – Foto: Shutterstock

Os sintomas da TPM normalmente desaparecem após o término da menstruação, mas, em alguns casos, podem comprometer a qualidade de vida da mulher. E a dor da cólica é o maior exemplo disso. 

Segundo a médica, a cólica menstrual atinge 15% a 50% das mulheres jovens e geralmente vem acompanhada de outros sintomas como náuseas, vômitos, alterações do hábito intestinal — diarreia ou prisão de ventre —, cansaço, tontura, sensação de peso nas pernas, dor de cabeça, entre outros. 

A ginecologista reforça a importância da avaliação médica, sobretudo em dores desse tipo, já que podem indicar doenças como endometriose. “Se as cólicas são persistentes ou se há piora progressiva das mesmas, há necessidade de buscar avaliação e tratamento. Parece surreal, mas ainda é preciso frisar que uma mulher ficar sentindo dor não é normal”, destaca.

Fonte: Saúde em Dia; Dra. Márcia Mendonça Carneiro, médica ginecologista, professora da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e integrante do corpo clínico da Clínica Origen.

Mais notícias como essa

Horóscopo

Querendo saber de TUDO que os próximos sete dias prometem? Descubra agora, no Horóscopo Semanal do João Bidu

Receitas

Os benefícios da beterraba para a saúde são vários; descubra alguns deles e como consumir esse alimento da melhor forma

Beleza

Transformações hormonais e emocionais no puerpério pode resultar em perda de cabelo para muitas mulheres

Saúde

De acordo com estudos recentes, apenas 4% a 9% das mulheres negras recebem diagnóstico de endometriose